Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Zagueiro do Atlético-MG adota lei do silêncio antes do clássico

Leonardo Silva prefere não falar com amigos cruzeirenses na semana do duelo entre Atlético-MG e Cruzeiro

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Titular no primeiro coletivo do Atlético-MG na semana do clássico, o zagueiro Leonardo Silva pode estrear pelo clube justamente contra o Cruzeiro, time pelo qual jogou nas duas últimas temporadas. A passagem do defensor pela Toca da Raposa foi marcante, já que ele era titular do time que foi vice-campeão da Libertadores de 2009 e ano passado era o capitão da equipe celeste.

Leonardo Silva tomou uma decisão que poucos tomara até hoje, que foi trocar um rival pelo outro de Belo Horizonte diretamente. Se com a torcida do Cruzeiro ele perdeu todo o crédito, com os jogadores a situação é bem diferente. As amizades com os ex-companheiros continuam. No entanto, em semana de clássico, nada de conversar com os amigos. Leonardo Silva não quer saber de mais polêmica.

“Se tiver de falar, vamos falar, pois fiz muitas amizades no Cruzeiro, mas nada sobre jogo. Ainda não recebi nenhuma ligação e não fiz nenhuma ligação. O que estou preocupado é fazer o meu trabalho, mas nesta semana a gente previne um pouquinho, para não ter nenhum tipo de polêmica”


Estrear justamente contra o Cruzeiro não chega a ser uma surpresa para o zagueiro. Leonardo Silva revelou ao iG que estava ciente desta possibilidade, pelo ritmo de sua recuperação e pela tabela do Campeonato Mineiro. Portanto, ele garante que se for o escolhido por Dorival Júnior não vai ter problema, que não será um volta apressada aos gramados.

“Pelo tempo que eu vinha trabalhando e pelo caminhar das coisas, havia uma probabilidade. Não necessariamente que tivesse de ser neste jogo. Estava trabalhando para sentir confiante, fortalecendo, para a lesão na atrapalhar. De certa maneira estou no caminho bom e se tiver de acontecer a estreia no sábado, contra o Cruzeiro, estou preparado para dar o melhor dentro de campo”.

Em dois anos de Toca de Raposa e muito convívio com os jogadores que lá estão, Leonardo Silva pode ajudar o Atlético-MG até mesmo como espião. O zagueiro atleticano conhece bem as qualidades dos adversários e sabe de muitas jogadas feitas pelo time celeste.

“É claro que se o Dorival perguntar e se houver a necessidade de alguma informação, eu vou procurar ajudar. Claro que isso é inevitável, devido ao grande tempo que passei lá. Vou procurar ajudar aqui, orientar, falar das características de um jogador ou outro, para não sermos surpreendidos”.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG