Ananias, Jorge Felipe (contra), Guilherme e Henrique marcaram os gols da estreia vitoriosa no Canindé

A Portuguesa começou arrasadora a briga pelo acesso à primeira divisão do futebol brasileiro. Pela primeira rodada da Série B, goleou o Náutico por 4 a 0, no estádio do Canindé. Ananias, Jorge Felipe (contra) e Guilherme e Henrique, ambos formados nas categorias de base rubro-verdes, marcaram os gols, aproveitando as falhas da defesa pernambucana.

Durante toda a partida, a zaga alvirrubra, formada por Walter, Wescley e Jorge Felipe, mostrou insegurança e falhou bastante. No início do primeiro tempo, Ananias apareceu livre nas costas de Jorge Felipe para fazer o primeiro. O zagueiro também errou no segundo, fazendo contra.

O terceiro saiu com Guilherme, após bom passe de Marco Antônio, mas Walter vacilou no quarto. Marco Antônio aproveitou e deu cavadinha para Ananias. No cruzamento, Henrique apenas empurrou para o gol.

Na próxima rodada, a segunda da Série B, a Lusa pega o Paraná, no estádio Durival de Brito, em Curitiba, enquanto o Náutico recebe o Goiás, nos Aflitos, no Recife.

O jogo

A Portuguesa começou com tudo a disputa da Série B. Logo no primeiro minuto, Henrique pegou rebote após cobrança de falta da esquerda de Marco Antônio, exigindo bela defesa de Gledson. Aos três, Luís Ricardo lançou Ananias pela direita. O ex-jogador do Bahia bateu firme, forte e cruzado, abrindo o placar.

O Náutico só ameaçava a Lusa quando a defesa vacilava. Deyvid Sacconi chegou a ficar cara a cara com Weverton, mas bateu para fora. Depois, Kieza furou na frente do gol, Bruno Meneghel recuperou, mas chutou em cima do goleiro.

Aos 11 minutos, Henrique cortou para o meio e chutou da entrada da área para outra boa defesa de Gledson. Embora o gol tenha saído pela direita, a marcação pernambucana também foi falha pelo lado esquerdo, onde Marcelo Cordeiro, Ananias e Luís Ricardo fizeram suas jogadas sem incômodos.

Jogadores da Portuguesa comemoram o gol marcado por Guilherme
AE
Jogadores da Portuguesa comemoram o gol marcado por Guilherme

Em erro de Walter, Ananias aproveitou e bateu de canhota, mas, mesmo finalizando da pequena área o chute saiu fraco, sem problemas para Gledson. O Náutico tentou empatar aos 35 minutos, quando Rodrigo Heffner pegou rebote de primeira, mas a zaga paulista conseguiu desviar.

Nos últimos quinze minutos da etapa inicial, o Náutico pressionou e William bateu cruzado, rente à trave rubro-verde. A Portuguesa ainda teve Marcos Pimentel cruzando da direita e Marco Antônio dominando na meia lua, mas o arremate foi desviado.

No início do segundo tempo, no terceiro minuto, Jorge Felipe foi protagonista. Cometeu falta na ponta direita e recebeu cartão amarelo. Na cobrança de Marco Antônio, Guilherme cabeceou na trave e, no rebote, o zagueiro do Náutico fez gol contra.

O Timbu tentou responder com Kieza, após cruzamento de Rodrigo Heffner, mas a cabeçada não levou perigo a Weverton. Arrasadora, a Lusa ampliou com sete minutos. O cruzamento da esquerda chegou aos pés de Marco Antônio, que rolou para Guilherme soltar a pancada de perna direita.

Aos 16 minutos, aproveitando nova falha da zaga alvirrubra, Marco Antônio deu cavadinha para Ananias, que chegou à linha de fundo pela esquerda e cruzou. Henrique, com o gol vazio, transformou a boa vitória em goleada rubro-verde.

O Náutico quase descontou após cobrança de escanteio. A bola sobrou para Walter, na pequena área, mas o zagueiro chutou por cima. Aos 30 minutos, Alexandro cabeceou perto da trave, levando muito perigo.

A Lusa administrava o resultado e não era muito ameaçada. Rodrigo Heffner, aos 35, bateu falta no meio do gol e Weverton encaixou. O último sopro de esperança caiu nos pés de Rogério. Ele dominou e bateu colocado para fora.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA 4 X 0 NÁUTICO

Local: estádio Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 21 de maio de 2011
Horário: 16h20 (Brasília)
Árbitro: Cláudio Francisco de Lima e Silva (SE)
Assistentes: Renílson Nunes e Cleriston Clay Barreto (SE)
Público: 2.203
Renda: R$ 50.890,00
Cartões amarelos: Ananias (Portuguesa); Bruno Meneghel e Jorge Felipe (Náutico)
Gols: PORTUGUESA: Ananias, aos três minutos do primeiro tempo; Jorge Felipe (contra), aos três, Guilherme, aos sete, e Henrique aos 16 minutos do segundo tempo

PORTUGUESA: Weverton; Marcos Pimentel, Jaime (Ademir Sopa), Mateus e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Guilherme, Henrique (Cleiton), Ananias (Raí) e Marco Antônio; Luís Ricardo
Técnico: Jorginho

NÁUTICO: Gledson; Walter, Wescley e Jorge Felipe; Rodrigo Heffner, Everton, Derley, Deyvid Sacconi (Rogério) e William (Elicarlos); Bruno Meneghel (Alexandro) e Kieza
Técnico: Waldemar Lemos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.