Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Xodó do técnico, Negueba vira a principal opção do time no banco

Jovem revelação fez gols contra Boavista e Murici-AL e mostrou repertório de dribles contra o Botafogo

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

No elenco de jogadores consagrados, o técnico do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo, tenta encontrar espaço para aproveitar as revelações das categorias de base do clube. No jogo de domingo, contra o Botafogo, ele fez apenas duas substituições: colocou os garotos Negueba e Diego Maurício nos lugares de Deivid e Ronaldo Angelim, respectivamente.

Negueba, no momento, é o grande xodó do técnico e da torcida. Ele havia marcado gols nos jogos contra Boavista e Murici-AL. Domingo, entrou em campo e, em três jogadas, levantou a torcida, levando o volante uruguaio Arévalo à loucura, inclusive com um drible por baixo das pernas do marcador.

Mas em um contra-ataque que poderia ter definido o jogo, tentou um drible no meio e perdeu a bola. Luxemburgo não gostou e utilizou a jogada como mais um argumento para sua preocupação em mudar a posição de Negueba do meio para o ataque.

“Se ele tenta o drible perto da área, pode sofrer uma falta ou criar uma jogada de perigo. Ali no meio, se perde a bola, dá o contra-ataque. Negueba não é meio de campo. Ele é atacante”, explicou o treinador.

Mas o erro de Negueba não diminuiu o apreço do treinador pelo garoto. O jeito moleque de jogar futebol e conviver em grupo já encantou Luxemburgo, que mais uma vez o comparou a um ex-jogador do Flamengo.

“Ele tem facilidade para o drible, velocidade e ajuda muito nos contra-ataques. Lembra muito o Edilson (Capetinha). É um jogador de muita habilidade e jovem. Aliás, os moleques de hoje em dia não estão nem aí para um clássico. Entram sem peso. Até nos treinos a coisa diferente. Ele já chega sacaneando até o Ronaldinho. Antigamente, não era assim", brincou o treinador.

Negueba segue como a principal opção ofensiva do time no banco de reservas. Ele ainda não deve ser titular no domingo, quando o Flamengo decide a Taça Guanabara contra o Boavista, às 16h, no Engenhão. Quem vencer garante vaga na final do Campeonato Carioca.

Leia tudo sobre: FlamengoCampeonato Carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG