A sensação de raiva é compreensível - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Xavi provoca o Real Madrid: A sensação de raiva é compreensível

A superioridade do Barcelona deve ter incomodado eles, ironizou o meio-campista após o 5 a 0 no clássico de segunda-feira

Gazeta Esportiva |

Um dos melhores jogadores do mundo na atualidade, o meia Xavi foi uma das principais figuras da goleada de 5 a 0 do Barcelona sobre o Real Madrid. Autor do primeiro gol, o jogador alfinetou Sergio Ramos, que foi expulso no final da partida, e afirmou que consegue entender a raiva do atleta merengue, que não se desculpou pelos lances com Messi, Puyol e o próprio Xavi.

"Sérgio Ramos não se desculpou, mas é algo normal. A sensação de raiva e impotência é compreensível. A superioridade deve ter incomodado eles", ironizou o atleta, companheiro de Ramos e Puyol na seleção espanhola, em entrevista ao diário espanhol "As".

Xavi não gostou da atitude do defensor do Real Madrid. "Foi de uma violência extrema", afirmou, passando a pensar somente na vitória em seguida. "Quando você ganha assim, também custa a dormir, e acorda feliz. Estamos eufóricos. É um dia para ser culé", comentou o atleta, sem modéstia para avaliar o próprio desempenho e de seu time no jogo.

"Foi uma das melhores partidas que joguei, a diferença é que foi contra o Real Madrid. Fomos muito superiores em um dos melhores jogos em um nível coletivo. Em todos os sentidos fomos melhores", analisou.

Leia tudo sobre: espanhaespanhol 2010futebol internacional

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG