Zagueiro são-paulino disse que o elenco está reduzido na posição e já analisa a possível chegada do uruguaio

Titular absoluto da defesa do São Paulo após a saída de Alex Silva e com a recuperação lenta de Miranda, Xandão avaliou, nesta quinta-feira, que a equipe precisa de reforços para a posição. A diretoria tenta a contratação do uruguaio Coates, recentemente campeão do seu país com o Nacional, mas, apesar do atleta já falar como jogador tricolor, o contrato não foi assinado.

Siga o iG São Paulo e o autor Mário André Monteiro no Twitter

Xandão em ação no treino do São Paulo
Vipcomm
Xandão em ação no treino do São Paulo
"O elenco está reduzido nessa posição. Normalmente os clubes trabalham com cinco ou seis zagueiros. E é sempre bom jogador para repor. De repente volta o esquema com 3 zagueiros e tem que ter alguém à altura para fechar o elenco. O Coates vai ser muito bem-vindo, é um excelente zagueiro", comentou Xandão.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Curtindo a boa fase da defesa menos vazada do Brasileirão, com apenas um gol sofrido em quatro jogos, Xandão revelou que brincou com o gol-contra do Casemiro diante do Grêmio. Para ele, a zaga ainda está invicta. "A gente brincou até depois do jogo, brincamos que não sofremos gols ainda, foi gol-contra do Casemiro. Tomamos esse gol, temos um gol sofrido, mas ainda assim permanecemos como a defesa menos vazada e é um motivo de muito orgulho", disse o camisa 13.

Carpegiani implementou o esquema com apenas dois zagueiros, deixando para trás a formação 3-5-2, bastante usual pelo time nos últimos anos. Xandão vê o São Paulo adaptado ao novo estilo de jogo e exalta as importâncias dos laterais.

"Para a equipe jogar com dois zagueiros, os laterais têm que ser laterais. Fazer primeiro a função de marcar. Eles têm que ter a consciência, e é isso que o Jean e o Juan estão fazendo. Quando um sobe, o outro fica. E é isso que nos dá a segurança lá atrás. O time encaixou, assimilou bem essa formação, faz o que o Carpegiani manda dentro de campo.", finalizou o zagueiro.

O São Paulo volta a campo pelo Brasileirão no próximo domingo, às 16h, contra o Ceará, no estádio Presidente Vargas. O time tentará manter a liderança e a campanha 100% dentro da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.