Clube, que estreou no Campeonato Ucraniano com goleada sobre o Obolon, encara o rival Metalurg fora de casa

Depois de golear o Obolon por 4 a 0 na abertura do Campeonato Ucraniano, o Shakhtar Donetsk volta a campo neste sábado para encarar o Metalurg, no Metalurg Stadium, no dérbi da cidade de Donetsk. As equipes lutam pela liderança da competição, já que o rival também venceu na primeira rodada, e o panorama é considerado difícil para os brasileiros do Shakhtar. Pelo menos é o que diz o meia Willian, ex-Corinthians.

"Independentemente da situação dos times, é um dérbi e a equipe deles sempre dá muito trabalho para nós. Vamos jogar no estádio deles, mas estaremos na nossa cidade, jogando praticamente em casa. Vamos em busca de mais uma vitória", afirmou.

O Shakhtar aposta mais uma vez em sua 'legião brasileira'. Nada menos que sete jogadores brasileiros estarão à disposição do técnico Mircea Lucescu para essa partida: Willian, Fernandinho, Alex Teixeira, Douglas Costa, Luiz Adriano, Dentinho e Eduardo da Silva (naturalizado croata).

Na primeira rodada, eles já tiveram papel decisivo marcando dois gols, com Luiz Adriano e Dentinho, e participando das jogadas dos outros dois tentos. Para Willian, o 'fator comum' entre os atletas vem fazendo a diferença para a equipe.

"A importância dos brasileiros aqui é muito grande. Faz tempo que nós temos dado uma contribuição decisiva nos jogos. O entrosamento também é grande e ajuda muito, pois já sabemos como cada um gosta de jogar e às vezes nem precisamos olhar para o companheiro para dar um passe", completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.