Tamanho do texto

Atacante lembrou com saudade dos bons tempos do time, que não venceu nenhuma partida no Brasileirão

Após oito rodadas, o Avaí ainda não conseguiu vencer no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, mesmo jogando na Ressacada, a equipe ficou no empate por 2 a 2 com o Bahia e agora coleciona três igualdades e cinco derrotas na competição da qual é penúltimo colocado. O atacante William lamenta.

"É triste. Dentro de casa a gente estava acostumado a atropelar todo mundo. O problema não é a torcida xingar o (técnico) Gallo. Nós precisamos jogar para as coisas acontecerem", disse o capitão do time, lembrando que são duas derrotas e dois empates em quatro jogos como mandante no torneio.

null

A última vitória do Avaí jogando em seu estádio foi no dia 12 de maio. Na ocasião, o Leão derrotou o São Paulo por 3 a 1 e se classificou para as semifinais da Copa do Brasil para enfrentar o Vasco.

Contra os baianos, as coisas poderiam ter sido diferentes se o árbitro Ricardo Marques Ribeiro não marcasse falta sobre o goleiro Marcelo Lomba em lance que culminou em gol de William aos 35 minutos do segundo tempo. "Eu não vi, estava de costas. Mas era muito mais fácil ele marcar falta de ataque do que algo a nosso favor naquela hora", lamentou o zagueiro Gustavo Bastos, autor do segundo gol.

Antes de pensar na recuperação como anfitrião será preciso superar o Atlético-PR na Arena da Baixada. Este é o próximo desafio dos comandados de Alexandre Gallo no Brasileirão e vai colocar frente a frente os dois piores times da competição - o Atlético é o último colocado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.