Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Wiliam escreve carta à torcida corintiana e pede perdão por falhas

Jogador se despediu da torcida, já que irá encerrar a carreira de jogador profissional no final do ano

Gazeta Esportiva |

O zagueiro William, do Corinthians, está prestes a se despedir do futebol profissional. Aos 34 anos, o jogador já avisou que esta é sua última temporada como atleta. Capitão do alvinegro paulista, ele disputará, neste domingo, sua última partida diante da torcida do Timão. Por isso, ele escreveu, na manhã deste domingo, uma carta de agradecimento aos torcedores e aproveitou para pedir desculpas por suas falhas durante a temporada.

A carta foi publicada no site oficial do Corinthians e William agradeceu os torcedores pelo carinho que recebeu durante os três anos em que esteve no Parque São Jorge, lembrando que assumiu a faixa de capitão quando o time havia acabado de cair à Série B do Campeonato Brasileiro.

Depois de ter subido com o clube, William se sagrou campeão paulista e da Copa do Brasil no ano de 2009, além de ter disputado a Copa Libertadores e ainda estar na briga pelo título brasileiro nesta temporada.

Apesar dos agradecimentos, o jogador reconheceu que, em alguns momentos, não foi muito bem e pediu desculpas aos torcedores. "Uma ansiedade muitas vezes tomava conta de mim e me atrapalhava bastante. Peço desculpas por isso", pediu o capitão.

No final da carta, o jogador ainda agradeceu por poder realizar o sonho de terminar a carreira em um grande clube do futebol brasileiro, antes de declarar: "Vai, para sempre, Corinthians!".

Confira a íntegra da carta de William aos torcedores do Corinthians:

"Bom dia, Fiel Torcida!

Hoje (domingo) é um dia muito especial pra mim. Como a maioria já deve saber decidi encerrar minha carreira de atleta profissional esse ano. Uma decisão já pensada e cogitada desde o fim do ano passado. Assim, hoje será meu último jogo diante de vocês, fieis torcedores.

Escrevo essa carta apenas para agradecer a todos o apoio e carinho que me deram. Mesmo as criticas sempre foram por mim analisadas e, com algumas, até concordei com quem as fazia.

Foram 3 anos de muita luta, muita dedicação e muita responsabilidade. Ser jogador do Corinthians é muito difícil. Ser capitão é ainda mais difícil. Principalmente pelo momento em que cheguei ao clube. Felizmente obtivemos conquistas dentro e fora do campo. O Corinthians hoje é mais forte do que era e será ainda mais forte no futuro pelas mudanças estruturais que a diretoria vem implementando.

Já sinto saudade da energia que vem das arquibancadas do Pacaembu e de ouvir os gritos de incentivo que nos inflama dentro de campo.

Procurei esse ano não pensar muito que seria o último justamente pra não atrapalhar meu desempenho em campo. Confesso que não consegui fazer isso em todos os jogos. Uma ansiedade muitas vezes tomava conta de mim e me atrapalhava bastante. Peço desculpas por isso.

Hoje minha maior vontade é que vençamos e que eu faça uma partida impecável, mas a vitória é mais importante do que qualquer coisa. Mais até do que meu desejo em fazer uma partida perfeita.

Bom, é isso Fiel. Esse é o agradecimento de um homem, que um dia ainda criança, sonhou jogar e encerrar a carreira em uma grande equipe brasileira. Meu sincero agradecimento a todos que de alguma forma colaboraram para que esse sonho se tornasse realidade.

VAI, PARA SEMPRE, CORINTHIANS!!!"

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG