Defensor volta a ser titular contra o Fluminense, ao lado de Lima, com quem não atua junto desde 2010

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Werley foi titular do Atlético-MG em 2009 e 2010, mas tem apenas 11 jogos em 2011
Sem poder contar com sua dupla de zagueiros , o técnico Dorival Júnior deve confirmar Werley e Lima como os titulares do Atlético-MG para a partida contra o Fluminense , nesta quarta-feira, no Ipatingão, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Embora não tenham jogado juntos ainda em 2010, os dois formaram dupla no passado, em algumas partidas do Brasileirão.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

Além disso, entrosamento não vai faltar, já que Réver e Leonardo Silva foram titulares nas últimas dez partidas do Atlético-MG na competição. Sem espaço na equipe de cima, Werley e Lima treinaram juntos no time reserva por dois meses. Para Werley, não vai ser problema atuar ao lado de Lima. “Estamos no grupo trabalhando, à espera de uma oportunidade, infelizmente com a suspensão do Réver e do Léo o Dorival vai ter de mexer na equipe, mas estamos preparados. A gente espera entrar na quarta, fazer um grande jogo e ajudar o Atlético a conseguir os três pontos, porque ele está precisando”, disse Werley, que também comentou o bom entrosamento que tem com o possível companheiro de zaga.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

“Eu e Lima já vínhamos treinando há um bom tempo juntos, no ano passado também jogamos juntos quando Réver foi para a Seleção, mas não tem muito segredo. Lima é um grande zagueiro, tem muita qualidade e temos de entrar em campo, fazer aquilo que a gente sabe e ajudar a equipe. Não podemos mais perder em derrota, porque já perdemos bastante. Temos de entrar atentos, mas não sofrer gol no começo do jogo e buscar os três pontos que serão importantíssimos para a nossa caminhada no Campeonato Brasileiro”

Se Werley já esteve em campo 11 vezes na temporada, Lima jogou apenas 38 minutos nos últimos oito meses , nas duas vezes entrando no lugar do próprio Werley. Para complicar ainda mais a missão da dupla de zagueiros do Atlético-MG, pela frente um atacante comandado por Fred . O fato de encarar um jogador da Seleção Brasileira gera preocupação entre os atleticanos.

“Fred é um grande atacante, tivemos a oportunidade de jogar contra, sabemos das dificuldades de marcá-lo, mas não só ele, como toda a equipe do Fluminense é perigoda e precisamos ficar atentos a todos os jogadores. Temos de procurar jogar o nosso futebol, com a torcida nos empurrando, estamos dentro de casa e precisamos nos impor”, comentou Werley.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.