Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Werley espera nova oportunidade depois de boa partida em Ipatinga

Zagueiro disputou sua segunda partida no Campeonato Brasileiro e em ambas o Atlético-MG não sofreu gols

Victor Martins e Renan Rodrigues, iG Esporte |

Titular do Atlético-MG no triunfo por 1 a 0 sobre o Fluminense , o zagueiro Werley deve ser mantido na equipe titular a partida contra o Palmeiras , neste sábado, às 21h. Embora o técnico Dorival Júnior conte com os retornos de Réver e Leonardo Silva , que estavam suspensos, a equipe alvinegra deve ter três zagueiros contra a equipe de Luiz Felipe Scolari.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time

Depois da grande atuação diante do Fluminense , somente a terceira vez que o time atleticano não sofreu gols em 12 jogos no Campeonato Brasileiro, em duas Werley estava em campo. O zagueiro revelou que estava preparado e muito motivado em ter uma nova oportunidade. Ele não atuava desde 21 de maio, quando o Atlético-MG venceu o Atlético-PR na estreia da competição.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Divulgação
Nas duas vezes que Werley jogou pelo Brasileirão, o Atlético-MG não sofreu gols
“A gente vem treinando forte, esperando uma oportunidade. Quando aparece temos de agarrar com unhas e dentes, porque pode ser a primeira ou a última. E contra o Fluminense era um jogo pesado, um jogo difícil. Se a gente não tomasse gol, a gente ia fazer. Foi o que aconteceu”, disse Werley, que mostra muita confiança no elenco atleticano e no seu futebol.

“Eu sempre confiei no meu potencial e sempre vou acreditar, independentemente se tem gente que não goste de mim. Acredito que o Lima é a mesma coisa. Quem tem a ganhar é o Atlético. O Dorival, quando precisar, ele pode contar com qualquer um. Contra o Fluminense não fizemos mais do que a nossa obrigação, que era entrar e ajudar o Atlético. Graças a Deus deu certo e conseguimos anular um ataque de muita importância do futebol brasileiro, que tem o Fred, o Rafael Moura e o Rafael Sóbis”.

MiGCompLinks_C:undefinedApesar de ter apenas 22 anos, Werley conhece o Atlético-MG como poucos. Com 119 partidas na equipe profissional, ele é o terceiro jogador do atual elenco que mais defendeu o clube, atrás somente do também zagueiro Lima e o do meia-atacante Mancini . Com todo o conhecimento, ele fala bem sobre o rendimento dos jogadores criados nas categorias de base do clube, caso dele e de Lima, seu parceiro de zaga contra o Fluminense.

“O Atlético sempre demonstrou que quando precisou, a base deu conta do recado. O Atlético sempre revelou grandes jogadores, todo anos são dois ou três que chegam à equipe profissional. Isso deixa todos felizes, diretoria, jogadores e funcionários da base. Isso mostra que o trabalho é bem feito e sempre que precisar pode buscar mesmo. A garotada vai dar conta do recado”.

Por conta das suspensões de Toró e Dudu Cearense , o técnico Dorival Júnior deve inverter o que fez em Ipatinga. Se diante do Fluminense foram dois zagueiros e três volantes, contra o Palmeiras devem ser três zagueiros e dois volantes. Opção natural para jogar neste sábado, o volante Gilberto participou bastante do jogo-treino contra o Valério , enquanto Réver, Leonardo Silva e Serginho foram sacados ao final da primeira parte. Apesar do indício, Werley não se considera titular, mas mostra estar pronto para mais uma vez para ajudar o Atlético-MG.

“Estamos trabalhando para poder ajudar, quem escala é o Dorival. Não sabemos o que ele vai fazer. O importante é que todo mundo trabalhando e pensando no bem do Atlético. O mais importante é no sábado, quem entrar poder jogar bem e ajudar o Atlético a sair vitorioso”

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011Werley

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG