Volante do São Paulo lamentou o empate do fim de semana, contra o Atlético-GO, e entende vaias do torcedor

Wellington, volante do São Paulo
Vipcomm
Wellington, volante do São Paulo
O São Paulo não jogou mal contra o Atlético-GO , sábado, mas o empate diante do rival não foi o resultado que os jogadores estavam esperando. Até por isso, logo após o apito final, muitas vaias puderam ser ouvidas no Morumbi. Para o volante Wellington , os protestos foram justos, mas não abalam o elenco.

Siga o iG São Paulo no Twitter

"Eu vi a Torcida Independente aplaudindo, dando força para o grupo, e outra parte vaiando. Torcedor paga ingresso, tem direito de apoiar e cobrar o que quiser, mas vamos buscar o resultado positivo sempre, queria até passar essa tranquilidade para o torcedor, porque o time está bem, mas é um direito que eles têm", disse.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Os dois gols dos goianos saíram de desatenções da zaga são-paulina, fato que irritou bastante o treinador Adilson Batista, estreante da noite. Wellington revelou que o comandante conversou com o grupo e passou um vídeo com os erros da equipe na partida.

"Teve conversa, sim. O Adilson mostrou alguns lances do jogo, algumas desatenções nossas que não podem ter, que ocorreram na hora do gol e já está tudo conversado. O time lutou o tempo todo, teve desatenção, já foi falado e corrigido. Claro que temos que fazer os gols e ter tranquilidade para matar o jogo", avaliou o camisa 5.

Wellington comentou também a mudança de trabalho na equipe, agora sob o comando de Adilson, mas evitou fazer comparações com Carpegiani. "O ambiente é o mesmo, sempre foi muito bom, claro que muda, são treinadores diferentes. O Paulo dava trabalho diferente, Adilson dá outros. O que muda é o jeito de falar, de agir com o grupo. Automaticamente, muda a filosofia também, temos vídeo, hoje teve, dos erros e vamos procurar acertar isso", concluiu.

O São Paulo volta a campo pelo Campeonato Brasileiro na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Coritiba, no Couto Pereira. A partida será válida pela 12ª rodada do torneio nacional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.