Atacante, que não atuou por não estar inscrito, revela revolta em casa no jogo entre Palmeiras e Corinthians

Fora do Paulistão, Wellington Paulista admite que ficou revoltado com a atuação de Paulo César de Oliveira no clássico deste domingo no jogo entre Palmeiras e Corinthians. O atacante não pôde entrar em campo por ter sido inscrito após o prazo de inscrições, mas acompanhou ao jogo do seu time sofrendo de casa.

Segundo ele, a expulsão de Danilo no clássico foi completamente errada e prejudicou a desenvoltura do Palmeiras no jogo decisivo.

“Eu também xinguei muito de casa. Ainda bem que era pela televisão, se não eu estava morto. Não achei justo o lance. No meu modo de ver, se fosse para expulsar, era para expulsar os dois. O importante é que agora está todo mundo pensando no Coritiba”, resumiu o jogador.

A atuação de Paulo César de Oliveira rendeu muitas críticas de todos os setores palmeirenses. Felipão foi o que mais criticou o árbitro de forma dura e falou até que Paulo César teria entrado de forma premeditada para prejudicar o Palmeiras.

Tentando esquecer o revés, Wellington afirma que agora precisam de uma vitória a todo custo no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, nesta quinta-feira contra o Coritiba.

“A gente estava querendo conquistar os dois. Então, agora, é em função da Copa do Brasil. Vamos atrás de uma vitória fora para ficarmos mais tranquilos no jogo de volta”, finalizou o camisa 9, que destacou o bom clima da Academia, apesar da derrota .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.