Volante são-paulino reencontrará o meia do Internacional, que defendeu o clube paulista

No próximo domingo, o Beira-Rio recebe o duelo entre Internacional e São Paulo , válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de um período de instabilidade, com três derrotas seguidas, o time paulista deu a volta por cima e bateu o Cruzeiro no último fim de semana , se mantendo na parte de cima da tabela. Para o jogo no Sul, o volante Wellington disse que o São Paulo vai em busca de mais uma vitória.

Wellington, volante do São Paulo
Vipcomm
Wellington, volante do São Paulo
Siga o iG São Paulo no Twitter

"Esse é o verdadeiro São Paulo. Esse é o time que vai chegar até o título, um time que joga para frente, busca o gol, dentro e fora de casa. Vamos buscar a vitória, mesmo fora de casa. A gente entra para ganhar sempre, por isso que não empatamos ainda. Sempre vou entrar em campo com objetivo de vitória. Essa é a cabeça de todos do elenco", avisou o jovem de 20 anos.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Do lado colorado estará Oscar , jovem meio-campista que foi revelado pelo São Paulo, mas que deixou o clube pela porta dos fundos, brigando na Justiça. Wellington revelou que é um grande amigo do atleta do Inter, mas que dentro de campo fará de tudo para não deixar o ex-companheiro de equipe ter sucesso.

Não é Wellington x Oscar, mas sim São Paulo x Inter. Ele é um grande amigo, mas está do outro lado. Vou procurar marcá-lo bem para que a gente consiga os três pontos. Ainda não conversei com ele sobre o jogo. É um jogador diferenciado, subiu comigo para o profissional. Meu papel é marcar e sair para o jogo", disse o camisa 5 tricolor.

Assim como Rhodolfo , Wellington também exaltou o trabalho de Milton Cruz no comando do time, enquanto a diretoria não acerta com um novo treinador. O volante são-paulino disse até que comemoraria uma possível efetivação do interino.

"É importante um novo técnico, mas o Milton Cruz está ai, tem muito tempo de casa. Ele dá tranquilidade. Aqui sempre tivemos um bom relacionamento com todos os técnicos. O Milton conhece cada atleta de perto, tem a confiança de todos e se ele for efetivado, vamos ficar muito feliz", completou.

Para o duelo contra o Internacional, Milton deverá comandar o São Paulo no banco de reservas, a exemplo do que fez contra o Cruzeiro. A diretoria do clube, porém, já admitiu que o nome do novo treinador da equipe pode ser anunciado até sexta-feira .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.