Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Welder respeita história de Alessandro e aceita voltar ao banco

"O Alessandro tem uma história bonita no Corinthians. Não seria injusto", admitiu o lateral

Gazeta |

Futura Press
Welder assumiu a vaga do contundido Alessandro nas últimas rodadas

Recuperado de lesão muscular na coxa direita, Alessandro já treina normalmente no Corinthians e só não vai enfrentar o Vasco nesta quarta-feira por falta de ritmo. No domingo, porém, deve voltar a ser titular, contra o Atlético-GO , em Goiânia. Notícia que Welder garante não só respeitar, mas até concordar.

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

"O Alessandro tem uma história bonita no Corinthians pela grande pessoa, atleta e profissional que é. Não seria injusto", afirmou o lateral direito, que ficou à disposição de Tite a partir do Brasileiro e completará sua quinta partida como titular nesta quarta-feira.

Entre para a torcida virtual do Corinthians e o ajude a assumir o topo do ranking

Tite, que se surpreendeu com a maturidade de Welder em assumir logo de cara a responsabilidade de substituir um dos mais experientes jogadores do grupo, sempre ressalta a importância de o grupo ter peças importantes para repor titulares em momentos cruciais. "Quem esperava que o Welder fosse jogar tão bem nesses jogos? É a força do grupo que é importante", diz o comandante.

Ao falar sobre atletas mais badalados como o meia Alex e o atacante Emerson Sheik, o treinador defende ainda que não pode tirar titulares que tem ido bem somente para escalar recém-contratados desde o início. Welder tem correspondido, mas não crê que voltar ao banco seria uma incoerência do treinador.

"Quem define isso é o Tite. Se o professor optar pela volta dele, vou trabalhar e treinar do mesmo jeito, bem e firme, para, quando a oportunidade aparecer de novo, corresponder. Só tenho que respeitar e continuar treinando", prosseguiu o ex-jogador do Paulista, de Jundiaí.

Uma das razões para a tranquilidade do atleta está no formato de disputa do Campeonato Brasileiro, com 38 rodadas. Ele está certo de que certamente será utilizado novamente em breve - até porque Alessandro tem frequentemente sofrido com contusões nas últimas temporadas.

"Ter o grupo forte é muito importante. O campeonato é muito longo e nem todos vão jogar sempre, por suspensão ou estar machucado. E a disputa entre um e outro deixa todos mais focados, determinados, impede qualquer decadência", disse o lateral de 20 anos.

*com iG São Paulo

Leia tudo sobre: corinthiansalessandrowelderbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG