Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Washington critica especulações e afirma que Fluminense merece o título

Atacante se irrita com boatos de corpo mole por parte de jogadores de São Paulo e Palmeiras e pede mais respeito ao líder do campeonato

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

 

Não chegou a ser um ataque de fúria, tipo aquele de Michael Douglas no filme dirigido por Joel Schumacher, mas por alguns instantes nesta quinta-feira, o sorriso habitual e o jeito calmo e boa praça de Washington deram lugar a uma expressão fechada e uma indignação até certo ponto justificável. Mas nada disso teve a ver com o jejum de gols que incomoda o atacante há 14 jogos. O motivo da irritação do atacante foi a boataria sem fim de que o São Paulo teria entregado o jogo para o Fluminense na última rodada e que o Palmeiras seguirá o mesmo exemplo do rival no próximo domingo, em Barueri, pela penúltima rodada do Brasileirão, a fim de prejudicar o Corinthians.

Revoltado, o Coração Valente mostrou coerência no seu raciocínio e contrariou todos os argumentos de que as equipes paulistas estejam fazendo corpo mole diante do Fluminense. Como tese de sua defesa, Washington usou as 21 rodadas em que a equipe dirigida por Muricy Ramalho liderou a ponta da tabela do Campeonato Brasileiro.

Com todo respeito a Corinthians e Cruzeiro, mas o Fluminense foi o time que liderou a competição por mais tempo e é o maior merecedor do título. O São Paulo é um exemplo de instituição no país, seus jogadores são profissionais e pais de família e não entregaram o jogo coisa nenhuma. O Fluminense está na frente de São Paulo e Palmeiras e tem todas as condições de vencer ambos fora de casa. É preciso respeitar nossa campanha. Estão batendo demais no Palmeiras, mas não vejo ninguém falando dos adversários de Corinthians e Cruzeiro. Como será que esses clubes vão se portar? Falem deles também, ponderou o atacante.

Depois do desabafo, Washington seguiu falando sobre o adversário do próximo domingo. Desta vez, mais calmo, o sujeito sereno que todos estão acostumados disse que o Fluminense não tem que estar preocupado com o time que Felipão mandará a campo. Para ele, qualquer jogador que vestir a camisa do Palmeiras merece o mesmo respeito.

Independentemente de quem for escalado, temos que respeitar o Palmeiras e entrar focado e com a mesma determinação que mostramos diante do São Paulo. Temos o maior respeito pelo entidade e pelos profissionais que lá estão, mas nós estamos brigando pelo título e temos que nos doar muito mais do que eles, afirmou Washington.

Apesar  da distância que separa as duas equipes na tabela, o atacante sabe que no futebol tudo por acontecer. Para Washington, o maior exemplo é a derrota do próprio Palmeiras para o Goiás, por 2 a 1, na semifinal da Sul-Americana, em pleno Pacaembu lotado.

Claro que esse resultado serve como alerta para a gente e temos consicência de que tudo pode acontecer domingo. O Palmeiras tem uma história, é um adversário muito difícil e mesmo que eles tivessem vencido íamos enfrentá-los da mesma maneira. Não muda nada. Temos que fazer a nossa parte, afirmou.

Se as especulações sobre corpo mole tiraram o jogador do sério, a ameaça de voltar para o banco de reservas com o retorno de Emerson, parece não incomodar Washington. Sereno, o atacante comemorou a recuperação do companheiro e afirma que o mais importante nesse momento é ajudar.

É bom para o Muricy ter todos os jogadores à disposição. Fazia tempo que ele não tinha praticamente o grupo todo. O pessoal está voltando e quem ganha é o Fluminense. Ele tem o grupo na mão, é um treinador justo e eu respeito qualquer decisão que ele tome. Eu quero ajudar, seja jogando os 90 minutos ou apenas cinco, disse.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofluminensefutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG