Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Washington comemora vitória do Flu e evita comparações com 2008

Ex-atacante esteve presente nos 6 a 0 sobre o mesmo Arsenal de Sarandí, na Libertadores daquele ano

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Ex-atacante a atualmente empresário de jogadores, Washington 'Coração-valente' esteve no Engenhão na última terça-feira, acompanhando a vitória de 1 a 0 do Fluminense sobre o Arsenal de Sarandí, na estreia do time na Copa Libertadores. O ex-jogador, que esteve presente na goleada de 6 a 0 sobre o mesmo Arsenal, no vice de 2008, minimizou a atuação irregular do time e destacou a importância da vitória.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Estreia e time argentino é sempre complicado. Acho que o importante foi a vitória. Esse é o principal. Não é se jogou bonito, se jogou feio, não importa. Ainda está no começo de campeonato, os jogadores estão sem ritmo e entrosamento ideal. Ainda pega um time argentino que marca muito e força a bola aérea, é complicado", declarou o ex-atacante, maior artilheiro numa única edição do Campeonato Brasileiro, com 34 gols pelo Atlético-PR, em 2004.

Leia mais: Vaias incomodam técnico do Flu, que também queria público maior

Para o 'Coração-valente', que foi até o hotel onde o time estava concentrado, para visitar os antigos colegas de clube, a diferença entre os 6 a 0 de 2008 e o placar magro da última terça-feira está no entrosamento do Fluminense, e não no nível técnico do adversário.Thiago Neves e o goleiro Ricardo Berna são os remanescentes da vitória esmagadora no Maracanã.

Veja mais: Para Abel, Arsenal 'não quis jogar' e prejudicou atuação do Fluminense

"Aquele time estava mais entrosado, já vinha jogando o Campeonato Carioca e a alguns jogos da Libertadores. Essa equipe pouco jogou junto no estadual e fez hoje (terça-feira) a primeira partida na Libertadores, então é normal. É difícil pegar o entrosamento ideal, mas o mais importante foi conseguir vencer para somar os pontos, mas eles vão alcançar um nível alto rapidamente", disse Washington, que brincou com a aposentadoria.

"É complicado acompanhar tudo do camarote, apenas como torcedor. Quando estava em campo e podia fazer algo pelo Fluminense, era mais fácil, mas parei em 2011 em já me acostumei (risos)", finalizou o ex-jogador.

Veja também: Abel reclama do árbitro, mas critica Leandro Euzébio por expulsão

Líder provisório do grupo 4, o Fluminense volta a campo na Copa Libertadores apenas no próximo dia 7 de março, contra o Boca Juniors, na Bombonera. Pelo estadual, o time das Laranjeiras entra em campo no próximo domingo, às 19h30, contra o Vasco, no Engenhão. O Flu é atualmente o terceiro colocado no grupo B da Taça Guanabara.

Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e comente a atuação na vitória sobre o Arsenal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG