Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Wanderley supera Fred em gols por minuto

Herói na estreia de Ronaldinho, atacante do Flamengo marcou quatro gols em apenas 198 minutos em campo

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Wanderley chegou ao Flamengo como mero coadjuvante durante a pré-temporada de treinos em Londrina. Depois de uma passagem pelo Grêmio Prudente, no ano passado, rescindiu contrato com o Cruzeiro e assinou por três anos com o novo clube. O investimento, por enquanto, está valendo a pena. Ele marcou quatro gols, três deles que salvaram as estreias de Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves, e tem média melhor que a de Fred, do Fluminense, artilheiro do Campeonato Carioca, com oito gols.

Apesar de ter participado de todos os jogos do Flamengo no Campeonato Carioca, Wanderley nunca foi titular e seus minutos foram reduzidos. No total, atuou por 198 minutos. Ele marca um gol a cada 49,5 minutos em campo. A média de Fred é de um gol a cada 56,25 minutos. Loco Abreu, do Botafogo, vice-artilheiro do Carioca, com cinco gols, faz um a cada 92,4 minutos.

O grupo reconhece o esforço de Wanderley em campo. Aos 22 anos, o jogador sabe que precisa correr dobrado para conquistar seu espaço no time. O titular da posição é Deivid, atacante já consagrado no futebol, bicampeão brasileiro por Santos, em 2004, e Cruzeiro, em 2003, quando foi comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo.

AE
Wanderley é o goleador do Flamengo no começo da temporada

“O Wanderley é assim de natureza mesmo. Ele encarnou um espírito que mostra raça e determinação. Desta forma, vem conseguido fazer os gols. Essa vontade dele, marcando lá na frente, até contagia quem está atrás para ajudar”, afirmou o lateral-direito Leonardo Moura, que cruzou a bola para o primeiro gol de Wanderley, na vitória por 2 a 0 sobre o Volta Redonda, na primeira rodada do Carioca.

O prêmio para Wanderley foi ter seu nome gritado no fim do jogo contra o Nova Iguaçu, que marcou a estreia de Ronaldinho Gaúcho com a camisa do Flamengo. Ele marcou o gol da vitória por 1 a 0, já nos últimos minutos de jogo. Além disso, mostrou muita disposição em campo, esbanjando alegria ao comemorar seu gol quase com uma volta olímpica.

“O Wanderley tem um vigor físico muito bom. É aquele atacante chato, que bate em zagueiro também”, brincou Willians, que tem experiência quando o assunto é disposição em campo para conquistar a torcida.

Para o jogo contra o Boavista, domingo, às 17h, em Macaé, Wanderley ainda deve ficar no banco de reservas. O técnico Vanderlei Luxemburgo dará uma nova oportunidade a Deivid. Mas o atacante já começa a conquistar a exigente torcida do Flamengo e seu nome começa a ecoar na arquibancada cada vez com mais facilidade: “Uh! É Wanderley”.

Leia tudo sobre: FlamengoCampeonato Carioca 2011wanderley

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG