Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Wanderley faz gol chorado e completa festa do Fla para Ronaldinho

Vitória contra Nova Iguaçu saiu no final do jogo, que levou multidão ao Engenhão para estreia de Gaúcho

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Foram mais de 40 mil pessoas, um mosaico e um craque. A vitória completou a festa. Com um gol do mais que coadjuvante Wanderley, aos 43 minutos do segundo tempo, Ronaldinho Gaúcho saiu de campo festejando. O Flamengo venceu por 1 a 0 o Nova Iguaçu, nesta quarta-feira, no Engenhão, e garantiu a liderança isolada do Grupo A da Taça Guanabara, com 15 pontos em cinco jogos, dois à frente do Resende.

O Nova Iguaçu não se intimidou com a festa e correu atrás do gol para se manter na briga por uma vaga nas semifinais da Taça Guanabara. Com contra-ataques perigosos, principalmente nos pés de Mossoró e William Barbio, o time dava trabalho. Aos 10 minutos, Alex Faria perdeu uma chance incrível, livre, dentro da pequena área, errando o chute ao tentar colocar a bola no canto esquerdo do goleiro Felipe.

nullO Flamengo acordou para o jogo e começou a arriscar chutes de longa distância. Deivid obrigou Diogo Silva a fazer boa defesa, aos 12. Pouco depois, Ronaldinho Gaúcho tentou cruzamento para Thiago Neves, mas a bola pegou mal na cabeça do jogador e passou longe do gol.

O Nova Iguaçu mantinha a defesa bem compacta. Os zagueiros do Flamengo começaram a avançar. Aos 20, Welinton lançou Leonardo Moura, que tocou para Thiago Neves, mas o chute saiu em cima do goleiro Diogo Silva.

Na jogada mais brilhante de Ronaldinho Gaúcho no primeiro tempo, ele deu um toque de calcanhar para Deivid, recebeu de volta e passou para Renato, que soltou a bomba, mas sem perigo, aos 25. Depois, o craque cobrou falta central e obrigou o goleiro do Nova Iguaçu a fazer boa defesa.

Aos 44, por pouco, Ronaldinho Gaúcho não abriu o placar. Em mais uma boa jogada de Leonardo Moura, Deivid não conseguiu finalizar e a bola cruzou a pequena área até o zagueiro Leonardo evitar o gol do craque, cedendo o escanteio.

O segundo tempo começou da mesma forma, mas com o Flamengo cuidadoso defensivamente sem dar espaço para contra-ataques. Ronaldinho, aos quatro, iludiu dos marcadores e lançou Deivid, que não alcançou a bola para finalizar. O atacante começou a ser perseguido pelos torcedores.

nullAos 15 minutos, o técnico Vanderlei Luxemburgo colocou Bottinelli e Wanderley nos lugares de Vander e Deivid, que saiu vaiado. O argentino entrou mal e não conseguiu acertar as suas três primeiras jogadas, em passes simples. Já Wanderley, em sua primeira tentativa, arriscou um chute perigoso de longa distância.

O Flamengo tinha dificuldade para tentar entrar na defesa do Nova Iguaçu. Ronaldinho tentou um chute do lado esquerdo do ataque, mas a bola foi nas mãos de Diogo. O craque passou a atuar mais centralizado, quase como um centroavante.

A torcida percebeu, então, que o time precisava de uma força e começou a incentivar o time. Aos 30, Bottinelli quase marcou, depois de um cruzamento de Leonardo Moura, mas a bola mais uma vez parou nas mãos de Diogo. Aos 34, com Thiago Neves, e aos 37, com Leonardo Moura, o time não conseguiu balançar a rede. Ronaldinho ficou em campo até o fim para fazer parte de toda festa.

Aos 43 minutos do segundo tempo, Renato abriu o jogo para Egídio pelo lado esquerdo. A bola chegou a Thiago Neves, que chutou cruzado, Diogo não segurou e Wanderley colocou a bola para dentro e foi festejar quase com uma volta olímpica. Afinal, o gol não era qualquer um. Ele fez o Dente voltar a sorrir.


FICHA TÉCNICA – FLAMENGO 1 x 0 NOVA IGUAÇU

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro
Data: 2 de fevereiro de 2011, quarta-feira
Horário: 22h (Horário de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Lilian da Silva Fernandes Bruno e Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Welinton, Maldonado, Thiago Neves (Fla), William Barbio, Diogo Silva, Amaral, Alex Moraes (Nova Iguaçu)
Público: 37.042 pagantes
Renda: R$ 1.081.600,00

GOL:
Flamengo: Wanderley, aos 43 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Welinton, David e Renato; Maldonado (Egídio), Willians, Vander (Bottinelli), Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves; Deivid (Wanderley). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

NOVA IGUAÇU: Diogo Silva, Foca (Lukyan), Alex Moraes, Leonardo e Cortês; Amaral, Marquinhos, Mossoró (Glauber) e Alex Faria (Luan); William Barbio e Maycon. Técnico: Josué Teixeira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG