Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Walter diz que é normal o Atlético-MG pipocar diante do Cruzeiro

Em resposta, presidente do Atlético-MG diz que atacante rival está gordinho e desmoraliza nutricionista

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

A reação do Cruzeiro no segundo tempo no clássico com o Atlético-MG , quando perdia por 2 a 0 e ainda conseguiu o empate foi descrita como uma pipocada do rival, pelo atacante cruzeirense Walter . Segundo o jogador que tem poucos meses de Toca da Raposa e pela primeira vez enfrentou o arquirrival, é normal o Atlético-MG pipocar diante do Cruzeiro.

Veja também: Confira a classificação atualizada do Campeonato Mineiro

“Não fica o gosto de vitória, fica o gosto de derrota. Porque o nosso time fez um grande jogo hoje e eles (Atlético-MG) jogador a bola para fora o tempo todo. Foi só o primeiro tempo que nosso time entrou mal, no segundo tempo entramos muito bem, entramos ligados. E o time deles, normal, pipocar para o nosso time”.

Leia também: Cruzeiro reage e consegue empate diante do Atlético-MG

A forte declaração de Walter foi rebatida pelo presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil , que chamou o jogador do Cruzeiro de gordinho. Segundo Kalil, o atacante faz os profissionais da comissão técnica rival passarem vergonha.

“Esse rapaz joga de quê? É um gordinho? Ele está desmoralizando o preparador físico do Cruzeiro, eu vi ele em campo, é uma aberração total, vamos falar de Wellington Paulista e Anselmo Ramon, vamos falar de Walter? Ele é uma aberração, é um gordinho né, ele está desmoralizando o preparador físico e nutricionista do Cruzeiro”.

Minutos depois de dizer que o Atlético-MG pipoca diante do Cruzeiro, Walter já mudou o discurso. De banho tomado e durante a coletiva a fala do jogador cruzeirense foi bem diferente. Até mesmo ao dizer que o empate foi como uma vitória, como havia negado na saída do gramado. 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG