"Nós jogadores precisamos olhar para nós mesmos e começar a fazer algo em campo", declarou o atacante

selo

O Arsenal faz seu pior início de temporada no Campeonato Inglês desde 1953. Em cinco partidas na competição, a equipe conseguiu apenas quatro pontos e ocupa a 17ª colocação. Mesmo assim, o atacante Theo Walcott garantiu que o técnico Arsène Wenger não tem nenhuma responsabilidade pelo atual momento.

"O chefe é um grande homem, ele consegue lidar com qualquer coisa. Está no clube há 15 anos, então não está sob pressão nenhuma", declarou Walcott, em entrevista a uma rádio inglesa. "Nós jogadores precisamos olhar para nós mesmos e começar a fazer algo em campo", completou o atacante.

Além do treinador, os maiores criticados pelos torcedores do Arsenal são os defensores. A equipe é a mais vazada do Campeonato Inglês, com 14 gols sofridos. Mesmo assim, os zagueiros também foram absolvidos por Walcott. "Muita gente fala sobre a zaga como um problema, mas não é apenas os quatro de trás. Você precisa olhar para a defesa como um time todo", avaliou um dos astros do elenco.

Na última rodada, o time londrino sofreu quatro gols na derrota por 4 a 3 para o Blackburn, dos quais dois foram gols contra. Assim, a ordem no Arsenal é esquecer a má fase e pensar apenas no confronto deste sábado, diante do Bolton, dentro de casa, pela sexta rodada do Campeonato Inglês.

"Precisamos esquecer os últimos jogos, precisamos ir em frente. Foi desapontador para nós, não conseguir ir bem nestes resultados que tivemos. Precisamos tentar e simplesmente vencer, jogar jogo a jogo. Talvez estejamos pensando muito longe neste momento", disse Walcott.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.