Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Voltando ao Atlético-PR, Marcinho encara medo da queda mais uma vez

Atleta participou da campanha do Brasileirão 2009, quando a equipe terminou a competição apenas três pontos acima da zona da degola

Gazeta |

O meia-atacante Marcinho voltou do Al-Ahli, da Arábia Saudita, para o Atlético-PR na semana passada e encontrou um clima semelhante ao de quando saiu do clube. Ele participou da campanha do Campeonato Brasileiro de 2009, quando a equipe terminou a competição apenas três pontos acima da zona de rebaixamento.

Em 2011, na lanterna do torneio, o momento é ainda mais dramático, mas Marcinho afirma saber o que fazer para que a equipe melhore e fuja da incômoda zona da degola. "Para sair dessa situação, todos têm que se empenhar, se dedicar e procurar fazer algo a mais. Aí a gente vai chegar onde o Atlético merece, que é, primeiro, não estar nessa situação e, depois, almejar algo mais".

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-PR e convide seus amigos

O jogador de 30 anos retornou do empréstimo festejado pela torcida, já que seu retrospecto, como um dos goleadores do Furacão em 2009, permite que todos sonhem com um rendimento melhor do ataque atleticano, que é o pior da competição, com apenas três gols em dez jogos disputados.

Chegando como a solução para o setor ofensivo, ele prefere deixar de lado tal responsabilidade. "Não me vejo nessa posição. Me vejo como um atleta que pode ajudar e cooperar com todos. Estou com muita vontade. Vou procurar ajudar o Atlético a sair dessa situação".

O Atlético-PR volta a campo no próximo sábado, quando encara o Vasco, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Marcinho já tem seu nome publicado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e deve ser relacionado para a partida.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG