Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Volta de Ortigoza agrada, mas alto preço assusta o Palmeiras

Atacante paraguaio deixou o clube no fim de 2009 e, atualmente, está futebol da Coreia do Sul

Gazeta |

A administração do presidente Luiz Gonzaga Belluzzo no Palmeiras foi marcada pela luta em repatriar atletas que deixaram boa impressão no clube. O dirigente obteve sucesso nas aquisições do meia Valdívia e do atacante Kleber. Agora, também existe uma discussão no clube sobre a possibilidade de retorno do paraguaio Ortigoza.

Em 2010, o atacante defendeu as cores do Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul. No entanto, seus direitos pertencem ao Sol de América, do Paraguai. Cauteloso, o diretor de futebol Wlademir Pescarmona faz mistério ao falar sobre o jogador.

"De repente há esse interesse, se eu fosse diretor na época, ele nem teria saído. Eu sei que o atleta está na Coreia do Sul, o passe é meio caro, então é complicado, teria que vir por empréstimo. Precisamos ver direitinho essa situação", comentou o dirigente, que assegura que o técnico Luiz Felipe Scolari não foi consultado sobre o caso.

Ortigoza deixou o Palmeiras no fim de 2009 e era considerado uma importante peça que vinha do banco de reservas. Ele conquistou a exigente torcida do clube paulista por mostrar um destacado espírito de luta em campo.

No elenco de 2011, o ataque é o setor mais inchado do Palmeiras. No momento, Kleber e Luan são os titulares, com Tadeu, Vinícius, Dinei, Bruno Oliveira e Júlio César como opções no banco. Recentemente, o clube do Palestra Itália ainda adquiriu o veloz Adriano "Michael Jackson" por empréstimo do Fluminense.

Leia tudo sobre: PalmeirasOrtigoza

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG