Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Volante Sandro diz que já se sente parte da família do Tottenhan

Jovem volante brasileiro demorou a se dapatar, mas recentemente começou quatro das últimas cinco partidas

Gazeta |

O volante brasileiro Sandro, ex-Internacional, foi contratado pelo Tottenham no meio de 2010 por 6,5 milhões de libras, ou R$ 17 milhões, mas demorou para ganhar uma chance com o técnico Harry Redknapp. No entanto, começou quatro das últimas cinco partidas dos Spurs e já se sente adaptado a Londres.

Entre elas, estão os dois jogos das oitavas de final da Copa dos Campeões da Europa, contra o Milan, nos quais foi bastante elogiado pelo ímpeto defensivo, ajudando a equipe inglesa na classificação às quartas.

"Sei que tive que esperar minha oportunidade, mas joguei uma partida importante, contra o Milan, e fiquei feliz com minha performance e já me sinto parte da família. Eu realmente gostei desse momento, mas isso já é passado. Estamos pensando no futuro e na próxima partida", garantiu.

O auxiliar técnico Joe Jordan, que inclusive se envolveu em uma briga com o volante Gattuso, do Milan, elogiou a atuação de Sandro contra o time italiano. "Ele não é um típico jogador brasileiro. Ele não lembra jogadores como Sócrates ou Falcão, mas tem suas próprias qualidades. Pedimos a Sandro para fazer muitas coisas contra o Milan, porque eles tinham muita posse de bola e ele mostrou seu valor", exaltou.

Na próxima rodada do Campeonato Inglês, o quinto colocado Tottenham enfrenta o West Ham, em um derby londrino no White Hart Lane. "Tem um grande jogo chegando, e precisamos manter a concentração. Temos um bom time, com muitas qualidades e todos sabem suas responsabilidades", encerrou.

Leia tudo sobre: TottenhamSandrofutebol mundialinglaterra

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG