Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Volante moderno e meia clássico ganham chance no Grêmio

Formados nas categorias de base, Mateus Magro e Pessalli atuarão no meio contra o Ypiranga

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

A julgar pela auto definição, o Grêmio apresentará duas revelações contra o Ypiranga, quarta-feira, na segunda rodada do Gauchão. Mateus Magro se disse um volante moderno. E Pessalli, um meia clássico.

Os dois jogadores, recém promovidos das categorias de base, irão compor o meio de campo de uma equipe que mesclará reservas e juniores. O que eles querem dizer, afinal?

“Gosto de sair jogando. Tem que chegar na frente e saber concluir. Não adianta só marcar. Claro que quando o negócio aperta, faço como o Paulão: chutão para não se complicar”, disse Mateus.

Hector Werlang
Pessalli é meia no Grêmio

Pessali explicou:

“Clássico é o cara que cadencia e distribuiu o jogo. Sou assim”.

Apesar dos 20 anos, a dupla mostrou maturidade na entrevista coletiva desta terça-feira. Evitou comparações com outros atletas, disse saber da necessidade de aproveitar a oportunidade e apontou a falta de entrosamento como uma dificuldade da partida de quarta.

Mateus adquiriu personalidade nas suas andanças pelo Interior. Em 2008, disputou a Série B do Estadual pelo Aimoré. O Novo Hamburgo foi o destino no ano seguinte. Pessalli tem mais tempo de Olímpico, porém, quer esquecer 2010. Teve duas lesões complicadas: tornozelo e joelho esquerdos. Nesta segunda, ficou seis meses parados e precisou de 11 punções para poder voltar a jogar.

Experiência para não desperdiçar a chance. Ao menos é o que a dupla espera fazer em campo.

Leia tudo sobre: GrêmioCampeonato Gaúcho 2011PessalliMateus Magro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG