Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vitória vence em casa e interrompe a boa sequência do Paraná

Com o resultado conquistado no Barradão, o time baiano se igualou ao paranaense na tabela da Série B

Gazeta |

O Vitória conseguiu interromper a boa sequência de jogos do Paraná Clube ao vencer por 1 a 0, no Estádio Barradão, em Salvador, em um duelo direto na parte de cima da classificação da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado não tira o time paranaense do G 4, mas faz com que ele ganhe a companhia da equipe baiana, ambos com 14 pontos.

Após um início equilibrado, o Vitória esperou uma falha coletiva da defesa paranista para abrir o placar, com Neto Baiano, que aos 28 minutos só teve o trabalho de empurrar para as redes enquanto Zé Carlos e Cris se complicavam. Depois do intervalo, com um jogador expulso, o time da casa teve que segurar a pressão.

Na próxima rodada, o Vitória volta a campo no sábado, quando encara o Grêmio Barueri, na cidade paulista. No mesmo dia, o Paraná Clube tem pela frente no Duque de Caxias, na Vila Capanema, em Curitiba.

O jogo
O árbitro mal havia apitado o início da partida e o Paraná criou sua primeira oportunidade, com Wellington, que mandou uma bomba com efeito, de longe, obrigando Fernando a fazer boa defesa. O jogo era brigado no meio-campo, com algumas faltas mais fortes. Aos nove minutos, Wellington cobrou falta e mais uma vez o camisa 1 baiano mostrou segurança.

Depois do equilíbrio nos primeiro minutos, o Vitória começou a gostar do jogo. Aos 11 minutos, Nino fez o cruzamento, Zé Carlos tirou de soco e, no rebote, Marquinhos arrematou por cima da meta, sem goleiro. O Vitória criou mais uma grande oportunidade aos 18 minutos, com Neto Baiano chutando cruzado e carimbando a trave. Na resposta, aos 22 minutos, Giancarlo recebeu na cara do gol e bateu em cima do goleiro.

Depois de uma falha generalizada da defesa paranista, aos 28 minutos, com direito a apagão do goleiro Zé Carlos e do zagueiro Cris, Neto Baiano apareceu para empurrar para o fundo das redes. Aos 35 minutos, Lima partiu para a jogada individual para resolver sozinho, mas foi desarmado pela defesa rubro-negra. Mais uma falha da defesa do Paraná, aos 41 minutos, Marquinhos ganhou na corrida e o goleiro paranaense saiu para salvar.

Na segunda etapa, o Paraná voltou com Cambará no lugar de Éverton Garroni. Aos dois minutos, Alison reclamou com a arbitragem, recebeu o segundo cartão amarelo e foi mais cedo para o chuveiro, deixando o time da casa com um jogador a menos. Aos sete minutos, Wellington cobrou falta na área e Fernando deixou a meta para interceptar. O jogo ganhou velocidade. Aos 13 minutos, Maurício acertou um míssil que passou raspando o gol de Zé Carlos.

O Paraná tentava usar sua superioridade numérica e pressionava. Aos 18 minutos, Cambará tentou o cruzamento, a bola mudou o rumo e quase enganou Fernando, que afastou o perigo. Mesmo em desvantagem, o Vitória continuava vivo na partida. Aos 23 minutos, Rildo arriscou o chute, Neto Baiano desviou no caminho e a bola foi pela linha de fundo. Dois minutos depois, Fernandinho cobrou falta e o arqueiro paranista agarrou.

Com o jogo se encaminhando para o final, o Paraná partiu para nova pressão. Aos 34 minutos, Lima levantou na área e Cris testou firme para fora, com muito perigo. Aos 40 minutos, cochilo da defesa rubro-negra, mas Fernando conseguiu deixar o gol para defender. No lance seguinte, Oliveira fez falta violenta e foi expulso, atrapalhando uma possível reação dos visitantes.

Leia tudo sobre: vitóriaparanásérie b 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG