Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vitória joga pela permanência na elite contra o Inter

Time baiano tem dois desfalques: o atacante Henrique, com lesão muscular na coxa, e o meia Ramon, que voltou a sentir dores no mesmo local

Gazeta Esportiva |

Três anos após voltar à elite do futebol brasileiro, o Vitória pode regressar à Série B neste domingo, embora as chances de rebaixamento antecipado sejam pequenas. Porém, para garantir que o pesadelo não se torne realidade, o rubro-negro tem a difícil missão de pontuar contra o Internacional, no Beira-Rio. Com 40 pontos e em 17º lugar, até mesmo um empate em Porto Alegre não pode ser desprezado pelos baianos, que enfrentam o Atlético-GO, rival direto na luta contra o descenso, no Barradão, na última rodada.

Apesar de campeão da Libertadores, o time titular do Internacional não vence há um bom tempo. No domingo passado, os reservas interromperam uma série de sete partidas sem vitórias no Brasileirão. A última vez uma equipe formada basicamente por titulares do Colorado ganhou foi em 10 de outubro: 1 a 0, sobre o Atlético-MG.

Não é apenas para interromper a má fase dos titulares que o Inter joga: a ideia do técnico Celso Roth é utilizar as duas últimas partidas do Brasileirão, contra Vitória e Grêmio Prudente, para dar ritmo de jogo e entrosamento ao time que disputará o Mundial de Clubes em dezembro. Além do mais, é a despedida do Colorado diante de sua torcida antes da competição em Abu Dhabi.

Curiosamente, o provável time titular do domingo e do Mundial nunca atuou junto. No treino desta quinta, Renan foi confirmado como goleiro após o rodízio promovido por Roth para a posição. No ataque, Rafael Sobis atua ao lado de Alecsandro. Tinga, embora peça cautela após retornar de lesão, deve começar a partida. Giuliano deve ser reserva da meia-cancha, como foi na fase final da Libertadores - quando entrava e fazia gols decisivos.

O Vitória tem dois desfalques: o atacante Henrique, com lesão muscular na coxa, e o meia Ramon, que voltou a sentir dores no mesmo local. "É uma lesão mínima, mas que o incapacita de participar do jogo de domingo", revelou o médico do clube baiano, sobre o articulador.

Para evitar a queda antecipada à Segunda Divisão, o técnico Antônio Lopes relacionou algumas surpresas na delegação. Os atacantes Jacson e Kleber Pereira, além do meia Kleiton Domingues, viajam até a capital gaúcha. O volante Neto Coruja, que era dúvida após o empate com o Corinthians, no domingo passado, participará normalmente da partida.

O zagueiro Gabriel Paulista lembra que a chance de cair no domingo existe, o que faz o elenco do Vitória ligar o alerta: "temos que dar a vida e trazer os três pontos". As possibilidades de que isto aconteça, no entanto, são remotas: o time baiano precisa perder para o Inter; o Avaí precisa vencer o Santos; o Atlético-GO teria que ganhar do São Paulo; o Atlético-MG teria que empatar ou vencer o Goiás; e o Flamengo precisaria empatar com o Cruzeiro. Somente todas estas combinações juntas levam o Vitória à Série B com uma rodada de antecipação.

Para fugir da queda, basta superar um destes cinco adversários até a rodada final. O objetivo em Salvador é não depender de ninguém na semana que vem. Isto significa terminar a rodada ao alcance do Atlético-GO, adversário da próxima semana, no Barradão. Para tanto, o Vitória não pode perder para o Inter e este resultado ser combinado a uma vitória do Dragão sobre o São Paulo. Neste caso, o time de Goiânia abriria três pontos de vantagem, mas se tornaria inalcançável pelo maior número de vitórias.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X VITÓRIA

Local: Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data: 28 de novembro de 2010, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes Filho (Fifa-SP)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-PR) e João Antônio Sousa Paulo Neto (DF)

INTERNACIONAL: Renan; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Wilson Matias, Guiñazu, Tinga e D'Alessandro; Rafael Sobis e Alecsandro.
Técnico: Celso Roth

VITÓRIA: Viáfara; Nino Paraíba, Gabriel Paulista, Anderson Martins e Egídio; Neto Coruja, Uelliton, Bida e Elkeson; Adaílton e Júnior.
Técnico: Antônio Lopes

Leia tudo sobre: campeonato brasileirointernacionalvitória

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG