Meia não vinha sendo aproveitado pelo técnico Luxemburgo e, após longa negociação, fechou negócio

Com uma campanha irregular na Série B do Campeonato Brasileiro, o Vitória segue se reforçando para buscar o retorno à elite do futebol nacional. Após uma longa negociação, o clube baiano fechou a contratação do meia Marquinhos, que estava encostado no Flamengo e não vinha sendo aproveitado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo.

A negociação se arrastou por causa do salário do jogador. No Flamengo, onde tinha contrato até o final do ano, Marquinhos recebia R$ 68 mil e o Vitória ofereceu R$ 40 mil. A diretoria do time baiano não revelou como foi feita a composição salarial.

Natural de Prado-BA, Marquinhos tem 21 anos e foi revelado pelo próprio Vitória. Ele defendeu o Palmeiras entre os anos de 2009 e 2010, mas não obteve muito destaque no time paulista. No ano passado, Marquinhos se transferiu para o Flamengo, e também não repetiu no clube carioca o mesmo futebol do início de carreira.

Além dele, a diretoria do Vitória pode acertar a contratação de outro atacante. Revelado pela Ponte Preta e atualmente encostado no Cruzeiro, Reis pode ser o próximo a vestir a camisa do time baiano. A diretoria já fez uma proposta para o jogador, que pediu um prazo para responder a proposta, uma vez que negocia com um clube do exterior.

Também nesta quinta, o Náutico oficializou a contratação do atacante Moisés, que estava encostado no Santos e assinou com o time pernambucano até o final da temporada. O jogador mostrou-se empolgado ao vestir a nova camisa.

"Estou feliz pelo acerto. O Náutico é um clube tradicional e vai ser uma nova experiência, algo muito importante para mim", afirmou o atleta de 22 anos, revelado pelo Paysandu. Moisés foi artilheiro máximo do Campeonato Paraense na última temporada. Suas boas atuações despertaram interesse de Cruzeiro e Internacional, porém, o atacante acabou sendo emprestado ao Santos, onde não foi aproveitado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.