Não foi desta vez que o atacante do Barcelona superou Raúl como maior goleador da Fúria, que fez 1 a 0

A grande expectativa do dia pairava sobre o atacante David Villa. Se superasse a defesa colombiana uma única vez, o jogador do Barcelona superaria Raúl e, com 45 gols, se tornaria o maior artilheiro da história da seleção da Espanha . No entanto, quem definiu a vitória dos campeões do mundo foi o meia David Silva, já aos 41 minutos do segundo tempo.

Depois da má impressão deixada no empate com o México e nas derrotas para Argentina e Portugal, em amistosos realizados após o título mundial, o time de Vicente Del Bosque foi mais ofensivo que o rival durante todo o tempo, mas faltou inspiração para construir um placar mais elástico. Tanto que Villa foi substituído logo aos 13 minutos do segundo tempo por Torres.

Meia do Manchester City, David Silva comemora o único gol da partida no Santiago Bernabéu
Getty Images
Meia do Manchester City, David Silva comemora o único gol da partida no Santiago Bernabéu

O jogo ficou aberto por alguns momentos e a Colômbia chegou a criar boas chances para abrir o placar, mas faltou pontaria. Quando o empate parecia certo, veio o gol salvador: Jesús Navas, que entrou na vaga de Iniesta, cruzou da direita e viu David Silva se antecipar à zaga para balançar as redes.


Veja imagens dos amistosos internacionais desta quarta-feira:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.