Tamanho do texto

Com obras atrasadas no estádio, Santos repete 2011 e Vila está sem gramado para início do Paulista

Assim como aconteceu no início da temporada passada, o Santos começará o Campeonato Paulista jogando longe da Vila Belmiro. Isso porque a troca de gramado feita pelo clube em 2011 não foi bem sucedida e terá que ser refeita neste ano. Desta forma, a equipe santista deve jogar quase dois meses no estádio do Pacaembu.

Em 2011, grama da Vila foi trocada. No entanto, o estádio terminou o ano com o gramado em péssimas condições
Samir Carvalho
Em 2011, grama da Vila foi trocada. No entanto, o estádio terminou o ano com o gramado em péssimas condições

O presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, acredita que as obras realizadas no ano passado em meio às chuvas no mês de janeiro prejudicaram o trabalho. Por isso, o clube obrigou a empresa contratada a refazer a implantação da grama sem custos adicionais para o clube.

Veja também: Presidente usa Neymar para rebaixar Ganso e aceita vender o meia

“O serviço não foi bem feito, nós tivemos uma premência de ter o gramado da Vila pronto na virada do ano passado em meio a chuvas incríveis. O sistema de implantação da grama foi emergencial. Achamos que ficaria perfeito, mas não ficou. Chamamos o fornecedor e exigimos que refaça o serviço sem ônus para o Santos”, afirmou Luís Álvaro.

Leia também: Dívida do Porto com o Santos pode adiar saída de Danilo

Com isso, o Santos deve fazer os quatro primeiros jogos como mandante, diante de Ituano, Oeste, Palmeiras e Linense, no Pacaembu. O clássico contra o Palmeiras, o primeiro dos santistas na temporada, está marcado para o dia 5 de fevereiro, em partida válida pela quinta rodada do Paulista.

Leia ainda: Érika chora com fim do futebol feminino, e Santos 'culpa' Neymar

“Vamos ter que ter paciência e disputar alguns jogos do Paulista em outros campos. É o preço pago para ter um padrão de excelência. Vamos cortar a unha para não perder o dedo”, disse o presidente santista.

A troca do gramado da Vila Belmiro está atrasada por causa das fortes chuvas na semana passada. O estádio só deve ser aberto no dia 23 de fevereiro, no duelo entre Santos e Comercial, válida pela nona rodada do Paulista.