Vídeo: Relembre brigas históricas no futebol

Pancadaria em jogos do Botafogo e do Fluminense traz à tona imagens de outras brigas que marcaram o esporte

iG São Paulo | 22/04/2011 18:38

Compartilhar:

Muitas vezes a bola é deixada de lado e o futebol vira luta

Nesta semana, duas brigas generalizadas em jogos envolvendo clubes brasileiros chamaram atenção. Em Florianópolis, na última quarta-feira, jogadores do Avaí e do Botafogo trocaram socos e pontapés logo após a partida, válida pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O resultado de 1 a 1 classificou os catarinenses e deixou os jogadores do time carioca inconformados.

Também na quarta-feira, os atletas do Fluminense passaram por um sufoco logo após vencerem o Argentinos Juniors por 4 a 2, em Buenos Aires. A comemoração pela classificação heroica para a próxima fase da Copa Libertadores foi interrompida pela ira dos argentinos, inconformados com a eliminação.

O fato é que grandes pancadarias são quase tão antigas quanto o futebol. Seja por conta de grandes rivalidades ou dos nervos à flor da pele, por diversas vezes a bola é deixada de lado e o que se vê no gramado são cenas de pugilato. Em 1999, por exemplo, jogadores de Palmeiras e Corinthians protagonizaram uma grande briga no Morumbi enquanto decidiam o título do Campeonato Paulista. Irritados com o fato de o corintiano Edilson ter feito embaixadinhas em pleno jogo, os palmeirenses partiram para a agressão e logo uma grande briga tomou conta do gramado.

Foto: Gazeta Press

Paulo Nunes, do Palmeiras, parte para cima de Edilson, do Corinthians, em 1999

Outra briga clássica envolvendo rivais paulistas ocorreu durante o Campeonato Brasileiro de 1994, quando Edmundo, do Palmeiras, trocou socos com André Luís, do São Paulo, também no Morumbi. No ano seguinte, palmeirenses e atletas do Grêmio também partiram para "as vias de fato" no Estádio Olímpico, pela Copa Libertadores.

Por falar em competições continentais, um fato grave ocorreu em 1997. O Atlético-MG goleou o Lanús, na Argentina, pelas finais da extinta Copa Mercosul. Após o jogo, uma briga generalizada tomou conta do gramado e o técnico Emerson Leão, do Atlético, foi seriamente agredido. De volta ao Brasil, precisou passar por uma cirurgia no rosto. Leão voltaria a ver jogadores de sua equipe se envolverem em uma grande briga em 2006, quando atletas do Palmeiras, então dirigido por ele, brigaram feio com rivais do Cerro Porteño, do Paraguai, pela Libertadores.

Em 2003, foi a vez dos são-paulinos partirem para cima dos jogadores do River Plate durante jogo das semifinais da Copa Sul-Americana. Ficou famosa a cena do atacante Luis Fabiano dando uma voadora no adversário pouco antes de receber o merecido cartão vermelho.

Grandes astros do futebol também não escapam das confusões. Em 1983, então no Barcelona, Maradona saiu do sério com a marcação forte dos jogadores do Athletic Bilbao, numa decisão da Copa do Rei, e transformou o gramado em praça de guerra. E quem não se lembra de Romário, que em 1997, num desinteressante jogo entre Flamengo e Madureira, pelo Carioca, brigou feio com o obscuro lateral Cafezinho?

Em jogos da seleção brasileira, uma briga clássica ocorreu no Maracanã, durante a extinta Taça do Atlântico, em 1976. Logo após o juiz apitar o final de Brasil 2 x 1 Uruguai, o lateral Suárez partiu para cima de Rivellino, que precisou se jogar na escada do vestiário para escapar da agressão. Os demais jogadores se envolveram e uma grande briga tomou conta do gramado.

Foto: Gazeta Press

Leão, então técnico do Palmeiras, tenta conter a ira dos jogadores do Cerro Porteño durante jogo válido pela Libertadores de 2006



 

    Notícias Relacionadas


    13 Comentários |

    Comente
    1. Anterior
    2. 1
    3. 2
    4. Próxima

    Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!




    *Campos obrigatórios

    "Seu comentário passará por moderação antes de ser publicado"

    Ver de novo