Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vice palmeirense pede que Palaia ceda

Clemente Pereira afirma que a melhor opção para o time é que Paulo Nobre represente situação na eleição

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O medo de ser derrotado pela oposição nas eleições presidenciais de janeiro faz com que Clemente Pereira, o 2º vice-presidente do Palmeiras, faça campanha para que Salvador Hugo Palaia retire sua candidatura.

O dirigente diz amar Palaia, mas que o importante nesse momento é garantir que Arnaldo Tirone não seja eleito, abrindo uma possível brecha para que Mustafá Contursi volte a dar ordens no time do Palestra Itália.

“Nós amamos o Palaia, mas ele precisa retirar essa candidatura para que a oposição não vença. Não tenho nada contra o Arnaldo Tirone, mas precisamos evitar o mal maior, que seria a volta de Mustafá Contursi. Se Palaia sair e dividir os nossos votos, a derrota é certa”, disse Clemente.

O 2º vice afirma que a melhor escolha para o Palmeiras é Paulo Nobre, que se auto-intitula terceira via. Segundo ele, o piloto de rali é muito bem sucedido em tudo o que faz e, por isso, se daria muito bem presidindo a equipe.

“A gente já tem o nome certo para a unificação da situação. É Paulo Nobre. Ele é jovem, tem boas ideias, tem sucesso na sua vida profissional e pode ajudar muito o Palmeiras com seus contatos em todos os lugares. Ele precisa ser o nosso único nome”, finalizou.

A tese de que Mustafá Contursi voltará irrita a oposição. Roberto Frizzo, Arnaldo Tirone e o próprio Mustafá afirmam de forma veemente que não haverá nenhuma interferência na gestão.

Leia tudo sobre: palmeiraspalaiafutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG