Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vice em 2008 vira lição no Flu para Libertadores de 2011

Time chegou perto de ser campeão e agora vai tentar melhorar sua campanha na competição sul-americana

Agência Estado |

Com a conquista do título brasileiro e a vaga na Libertadores garantida, o Fluminense começa a pensar na disputa da competição continental. Em 2008, a equipe participou do torneio pela última vez e acabou com o vice-campeonato, após perder para a LDU na decisão por pênaltis. A campanha serve de exemplo para em 2011 o clube carioca ir longe novamente.

"Já estou muito ansioso. O Fluminense retorna à Libertadores muito mais experiente. Em 2008 já merecia o título, era o melhor time, infelizmente são coisas do futebol. Agora estamos aí de novo, o Fluminense está muito mais calejado e tenho certeza de que vamos chegar forte. Vai ser um ano maravilhoso para o time aproveitar e lutar pelo título da Libertadores", declarou o atacante Washington, que perdeu um pênalti decisivo em 2008 na disputa final.

O time carioca tem a vantagem de já saber os três adversários que integrarão seu grupo na Libertadores de 2011. América do México, do Nacional do Uruguai e Argentinos Juniors enfrentarão o Fluminense na primeira fase do torneio. Até por ser argentino, o meia Conca demonstrou conhecimento ao falar sobre o campeão do Clausura de 2010.

"Vejo algumas vezes os jogos argentinos. O Argentinos Juniors tem uma equipe forte e um campo que é muito complicado de se jogar. O campo é muito perto da torcida e isso dificulta quem joga por lá, mas nosso grupo está preparado para encarar este desafio", afirmou o meia.

Conca e Washington estavam no elenco do Fluminense em 2008. Assim como Tartá, que, apesar da pouca idade (21 anos), comentou sobre a sua experiência na competição. "A emoção de disputar uma competição da dimensão da Libertadores é muito grande, acho que tenho algo a acrescentar. Aprendi que é preciso saber jogar na casa do adversário. Encaramos como uma segunda chance, agora estamos com outro grupo, com jogadores experientes, e com a coroação do título brasileiro vamos chegar ainda mais fortes", analisou.

Leia tudo sobre: copa libertadoresfluminense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG