Defesa foi setor mais criticado depois do revés no Serra Dourada para o Goiás, mas técnico cobra ataque

Depois de ser goleado pelo Goiás por 4 a 1 , na terça-feira, em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o ASA tenta esquecer os mau resultados contra a Ponte Preta (5 a 0, na primeira rodada) e também contra o Goiás para se recuperar na competição.

O técnico Vica tem nove dias para arrumar a casa e recolocar o ASA no caminho das vitórias, que foi iniciado na segunda rodada, contra o Americana, dentro do Estádio Municipal.

Antes disso o comandante tenta encontrar os motivos das duas goleadas sofridas. A defesa foi o setor mais criticado depois do revés no Serra Dourada. Mesmo assim, Vica não deve abrir mão do esquema com três zagueiros para o duelo contra o Sport, no próximo dia 11. Leandro Cardoso, Toninho e Thiago Alves receberam voto de confiança e devem seguir titulares do time alagoano.

Apesar da fraca atuação da defesa, Vica atribuiu a goleada à falta de tranquilidade dos jogadores de frente, que não conseguiram finalizar com eficiência. Alexsandro, que foi o único titular do ataque contra o Goiás, deve dar lugar a Fernando Sá, recentemente recuperado de fadiga muscular.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.