Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Veto da FPF pode barrar lucro palmeirense por jogo em Brasília

Palmeiras havia aceitado 'vender' seu primeiro mando de campo, contra o Botafogo, para a capital federal

Gazeta |

O Palmeiras dava como certa a mudança de local da estreia no Campeonato Brasileiro, dia 22 de maio, contra o Botafogo. Com uma proposta financeira tentadora (cerca de R$ 300 mil), o clube exerceria o seu mando diante do Botafogo no estádio Bezerrão, em Brasília. Todavia, a FPF (Federação Paulista de Futebol) apresenta resistência com a modificação.

"Estávamos tratando para levar o jogo para Brasília, mas aí houve um impasse", confirmou Sérgio do Prado, gerente administrativo alviverde, em entrevista ao Correio Brasiliense.

A posição oficial da FPF é que as partidas de seus afiliados devem ocorrer somente no estado de São Paulo. Contudo, a polêmica poderia estar relacionada à disputa paulista com a cidade de Brasília pela partida de abertura da Copa do Mundo de 2014. A ideia seria evitar as propagandas das instalações da capital federal.

Ao Palmeiras, a restrição da FPF deve causar um problema. Em dificuldades financeiras, a equipe de Palestra Itália já teria recebido, das empresas que organizavam o evento de Brasília, metade da cota pela venda do mando de jogo.

Leia tudo sobre: palmeirasbotafogobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG