Julio Grondona pode se reunir com o jogador do Estudiantes de La Plata para lhe oferecer o cargo

A possibilidade de o meia Juan Sebastián Verón ser o futuro diretor de seleções da Argentina em substituição a Carlos Bilardo ganhou força nas últimas horas. Segundo informou nesta segunda-feira a agência estatal "Telam", uma fonte próxima à nova comissão técnica argentina afirmou que o presidente da AFA (Associação do Futebol Argentino), Julio Grondona, quer se reunir com o jogador do Estudiantes de La Plata para lhe oferecer o cargo.

A fonte acrescentou que Verón poderia aceitar desempenhar esta função após abandonar os gramados, o que deve acontecer no final do ano. O jogador, de 36 anos, não participou neste domingo da primeira rodada do Torneio Apertura, uma vez que não conseguiu se recuperar totalmente de uma operação no tornozelo direito à qual foi submetido há alguns meses.

Verón mantém uma boa relação com os jogadores da seleção, especialmente com Lionel Messi, que foi seu companheiro de quarto na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010. Com a camisa argentina, o meia jogou ainda as Copas do Mundo da França, em 1998, e da Coréia e do Japão, em 2002.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.