Meia do Estudiantes está em fim de carreira e anunciou que substituirá o ex-técnico Carlos Bilardo na AFA

O meia Juan Sebastián Verón, que em dezembro encerrará a carreira, confirmou nesta quinta-feira que será o próximo diretor de seleções nacionais da Argentina, cargo em que substituirá o ex-técnico Carlos Bilardo.

Após vários meses de conversas, o jogador do Estudiantes de La Plata declarou em uma entrevista à "Fox Sports" que sua participação está fechada, embora ainda não saiba se o cargo na AFA (Associação do Futebol Argentino) continuará tendo o mesmo nome.

"Ontem (quarta-feira), estivemos jantando com Germán Lerche (membro do Comitê de Seleções da AFA) e está fechado. Vou me envolver com a seleção principal, mas principalmente na categoria de base", declarou o meia de 36 anos.

"Não sei o nome do cargo. O importante é começar a projetar, principalmente, as categorias de base, que são de grande importância hoje. É um bom momento para trabalhar com isso. É um projeto pensando nos próximos seis ou sete anos para que exista a renovação que tem que haver na seleção", acrescentou o atleta, que foi elogiado por Lerche.

"Verón é uma figura que não podemos desperdiçar, sua opinião será muito valiosa para nós", comentou o dirigente ao canal "Todo Noticias", após se reunir com o jogador. Verón mantém uma boa relação com os jogadores da seleção argentina, principalmente com o atacante Lionel Messi, com quem atuou na Copa da África do Sul, no ano passado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.