Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vergamini é reeleito presidente do Conselho do Palmeiras

Grupo que apoiou Arnaldo Tirone nas eleições de janeiro domina os três poderes do clube

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O grupo político que apoiou Arnaldo Tirone para presidência do Palmeiras reina absoluto no clube. Nesta quinta-feira, José Ângelo Vergamini foi reeleito o presidente do Conselho Deliberativo com 115 votos contra 112 de Décio Perin, o candidato da oposição.

O vice-presidente da situação também foi eleito com 112 votos: Antônio Jesse Ribeiro foi o escolhido. Antônio Carlos Corcione recebeu 70 votos, enquanto Pasquale Bruno terminou na terceira colocação, com 39 votos. Tanto o presidente quanto o vice têm mandato de dois anos.


Houve uma divisão de votos do grupo da oposição. Membros da chapa "Verde Escuros", que tem Paulo Nobre como líder, votaram, em sua maioria, em Pasquale Bruno. O restante preferiu escolher Corcione. Mesmo juntos, eles não conseguiriam desbancar Jesse Ribeiro.
 
Agora, o mesmo grupo domina os três poderes do Palmeiras. Além de Arnaldo Tirone na presidência do clube, e Vergamini no comando do Conselho Deliberativo, o COF (Conselho de Orientação e Fiscalização) é presidido por Alberto Strufaldi, que é do mesmo grupo. Além disso, dos 15 "cofistas", 14 são da situação.

“O poder está concentrado, mas acho que não muda muita coisa. Podemos olhar de dois jeitos. Eles podem se unir para fazer as mudanças necessárias ou podem aproveitar a situação para centralizar o poder e fazer algo mais fechado”, disse Genaro Marino, candidato a vice-presidente pela chapa de Paulo Nobre na última eleição.

Os resultados mostram a eficiência dos trabalhos políticos nos bastidores feitos por Mustafá Contursi, Affonso Della Monica e Carlos Facchina Nunes. Eles foram os três pilares que deram sustentação à candidatura de Arnaldo Tirone.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG