Ex-goleiro do time mineiro deixou o Almería para defender o Valencia

O Atlético-MG vai receber cerca de R$ 680 mil em função da transferência do goleiro Diego Alves do Almería para o Valencia. O valor é de direito do clube mineiro, por ter sido um dos formadores do goleiro revelado pelo Botafogo de Ribeirão Preto. Diego Alves destacou-se com a camisa do clube mineiro em 2006 e 2007, quando foi negociado.

Diego defende chute de Cristiano Ronaldo. Boas atuações lhe renderam transferência
AP
Diego defende chute de Cristiano Ronaldo. Boas atuações lhe renderam transferência
A transação entre os clubes espanhóis girou em torno de R$ 7 milhões, dos quais 10% devem ser repassados aos clubes formadores do jogador. Diego Alves tinha contrato com o Almería até julho de 2012.

Em 2010, com Renan Ribeiro, formado na base do Atlético-MG, é que o clube mineiro conseguiu suprir a carência de um bom goleiro, depois da saída de Diego Alves. Só na temporada passada, o clube tentou Edson, Aranha, o uruguaio Carini, Marcelo e Fábio Costa na posição.

Para 2011, o Atlético acertou a contratação dos goleiros Giovanni, que disputou o último Brasileirão pelo Grêmio Prudente e Lee, que estava no Vitória. Porém os dois devem brigar pela condição de reserva imediato de Renan Ribeiro, considerado titular pelo técnico Dorival Júnior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.