Apenas por estarem na disputa, cada uma das 32 equipes participantes já receberá um mínimo de R$ 16,8 milhões

Messi segura taça da Liga dos Campeões 2011, vencida pelo Barcelona sobre o Manchester United
Getty Images
Messi segura taça da Liga dos Campeões 2011, vencida pelo Barcelona sobre o Manchester United
A edição 2011/12 da Liga dos Campeões começa nesta terça-feira com a promessa de encher os cofres dos 32 clubes participantes. Apenas por estarem na disputa, cada equipe já receberá um mínimo de R$ 16,8 milhões. Para o campeão, porém, a premiação pode chegar até a R$ 73,8 mi.

LEIA TAMBÉM: Com jogo de final, volta de campeão e novo rico, Champions começa

Organizadora da mais disputada competição interclubes do mundo, a Uefa paga R$ 9 mi a todos os times apenas por suas participações. Além disso, cada clube receberá R$ 1,2 mi por partida disputada, com um bônus de R$ 1 mi em caso de empate e R$ 1,8 mi para cada vitória conquistada na fase de grupos do torneio.

As 16 equipes classificadas para as oitavas de final embolsarão R$ 7 mi. Os semifinalistas ganharão R$ 7,7 mi. Dos finalistas, o derrotado receberá mais R$ 13,1 mi e o campeão arrecadará R$ 21 mi.

Para se ter uma ideia, se os valores atuais fossem válidos na Liga dos Campeões da temporada passada, o campeão Barcelona teria embolsado cerca de R$ 71,9 mi. Na fase de grupos, o time espanhol somou quatro vitórias e dois empates, o que confere a diferença para a máxima premiação possível.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.