Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vélez domina LDU e abre boa vantagem nas oitavas da Libertadores

Reasco, ex-São Paulo, e Bolaños, ex-Santos, foram expulsos na derrota equatoriana por 3 a 0 na Argentina

Gazeta |

O Vélez Sarsfield soube usar a força de sua torcida no Estádio José Amalfitani, em Buenos Aires, e abriu boa vantagem nas oitavas de final da Libertadores nesta terça. Os argentinos venceram a equatoriana LDU por 3 a 0 e ficaram em situação confortável para o jogo de volta, em Quito, na próxima quinta-feira.

O lateral direito Reasco e o atacante Bolaños, velhos conhecidos do torcedor brasileiro devido às passagens por São Paulo e Santos, respectivamente, foram expulsos e desfalcam a LDU no confronto da semana que vem.

Quem levar a melhor neste confronto enfrentará Fluminense ou Libertad (Paraguai) nas quartas de final da competição sul-americana.

O jogo
Com dez minutos de bola rolando, o Vélez já vencia por 2 a 0, com dois gols do meio-campista Fernández. No primeiro, ele completou cruzamento de Santiago 'El Tanque' Silva vindo da esquerda. Depois, aproveitou ótimo passe de Martínez e bateu de primeira, da entrada da área, para superar o goleiro Domínguez.

Os anfitriões continuaram pressionando e poderiam ter ido para o intervalo com uma vantagem ainda maior se Morález não tivesse acertado o lado de fora das redes após boa jogada de Papa, em outra jogada pelo lado esquerdo.

No segundo tempo, as coisas ficaram ainda piores para a LDU. Logo aos oito minutos, Bolaños recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Para completar, o terceiro gol argentino saiu na jogada seguinte: Papa cruzou da esquerda e o zagueiro Sebá Domínguez, ex-Corinthians, antecipou-se ao arqueiro rival para marcar de cabeça.

A pressão continuou, mas faltou pontaria ao Vélez, que poderia ter conquistado vantagem ainda maior, uma vez que o adversário ainda teve Reasco expulso aos 23 minutos, por ter dado uma solada na barriga do oponente.

FICHA TÉCNICA - VÉLEZ SARSFIELD-ARG 3 x 0 LDU-EQU

Local: Estádio José Amalfitani, em Buenos Aires (Argentina)
Data: 26 de abril de 2011, terça-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Amarilla (Paraguai)
Assistentes: Milciades Saldivar e Cesar Franco (ambos do Paraguai)
Cartões Amarelos: Santiago Silva, Sebá Domínguez, Fernández e Papa (Vélez); Bolaños e Guagua (LDU)
Cartões Vermelhos: Bolaños e Reasco (LDU)

Gols: VÉLEZ: Fernández, aos sete e aos dez minutos do primeiro tempo, e Sebá Domínguez, aos nove do segundo tempo.

VÉLEZ SARSFIELD: Barovero; Cubero, Sebá Domínguez, Ortiz e Papa; Fernández, Zapata (Alvarez), Franco Razzotti (Ramírez) e Moralez; Martínez (Vuletich) e Santiago Silva Técnico: Ricardo Gareca

LDU: Domínguez; Guagua, Araujo, Calderón; Reasco, De la Cruz (Urrutia), Vera, Yano, Valencia e Maldonado; Luis Bolaños e Barcos (Calderón). Técnico: Edgardo Bauza

Leia tudo sobre: copa Libertadores 2011argentinafutebol mundialvelezldu

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG