Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco terá Felipe e Ramon domingo contra o Bangu em São Januário

Ricardo Gomes terá de esperar mais tempo por Fágner e Eduardo Costa. Lateral deve voltar contra Cabofriense

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Na reta final da Taça Rio, o técnico do Vasco, Ricardo Gomes, terá duas boas notícias. Para o jogo de domingo contra o Bangu, em São Januário, o treinador poderá contar com o lateral-esquerdo Ramon e o meia Felipe. Dos jogadores lesionados, Fágner e Eduardo Costa vão desfalcar a equipe.

De acordo com o médico Albino Pinto, Ramon e Felipe já estão liberados. O primeiro, livre de dores no músculo posterior da coxa esquerda, treinou normalmente durante a semana. Enquanto o time principal estava em Natal para o compromisso com o ABC, pela Copa do Brasil, o jogador permaneceu no Rio em tratamento.

“Ramon fez trabalho no campo nesta quinta. Na sexta, ele vai treinar com bola. Mas está sem dores e confiante. Vai para o jogo”, disse o médico.

Vale lembrar que Ramon desfalcou a equipe contra Botafogo, Fluminense e ABC. Expulso na abertura da Taça Rio, contra o Macaé, o lateral, além de cumprir suspensão, queixou-se das dores na coxa. Como havia ficado fora contra o Duque de Caxias, está à disposição de Ricardo Gomes.

O quadro de Felipe era menos preocupante. O camisa 6 pediu para ficar no Rio devido a um incômodo na panturrilha direita. No clube, o jogador foi submetido a tratamento com gelo, fisioterapia e musculação. Sem dores, também será testado nesta sexta com bola.

“Mas é outro jogador que não preocupa”, comentou Albino.

Dor de cabeça mesmo será a recuperação de Fágner. O lateral sofreu uma pequena lesão na parte medial interna do joelho direito. Os médicos, de início, acharam que se tratava de uma contusão simples. Mas a realidade é outra. Fágner ainda terá pela frente de uma semana a dez dias de recuperação. Assim, na melhor das hipóteses, ele enfrenta a Cafobriense na rodada do outro fim de semana.

“Fágner ainda sente o local lesionado. O jogador foi submetido a um tratamento intensivo, com muita fisioterapia. A situação dele preocupa mais que a dos outros. Vamos ver como ele vai reagir nas próximas horas. Se for bem, poderá até entrar em campo no outro domingo”, disse Albino.

O último a entrar no departamento médico foi Eduardo Costa. O volante pediu para ser substituído ainda no primeiro tempo do empate em 0 a 0 com o ABC. O jogador sentiu dores na coxa direita e ficou de ser avaliado novamente no Rio. Albino quer um diagnóstico de Fernando Matar, médico que acompanhou a delegação em Natal, para maiores esclarecimentos a respeito do quadro do volante vascaíno. Mas, desde já, Ricardo Gomes pensa em preservar o jogador no fim de semana.
 

Leia tudo sobre: vascoCampeonato Carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG