Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco tem cinco jogadores expulsos no clássico com o Flamengo

Diego Souza, Fágner, Eduardo Costa, Fellipe Bastos Rodolfo estão fora do jogo com o Nova Iguaçu. Árbitro carrega na súmula

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Futura Press
Vascaínos tentaram agredir árbitro após o jogo contra o Flamengo
A hostilidade dos jogadores do Vasco na derrota por 2 a1 diante do Flamengo no sábado, pela sétima rodada da Taça Rio – segundo turno do Campeonato Carioca -, pode custou caro ao técnico Cristóvão Borges. A súmula do árbitro Wagner dos Santos, divulgada no fim da manhã desta segunda-feira, apontou a expulsão de cinco atletas: Diego Souza, Fellipe Bastos, Eduardo Costa, Rodolfo e Fágner.

Leia também: Vascaínos tentam agredir árbitro e Dinamite diz que foi roubado

O caso de Fágner e Diego Souza é ainda pior. Os dois já estavam fora do compromisso de domingo, contra o Nova Iguaçu, no encerramento da competição, por conta do terceiro cartão amarelo. Com isso, ambos desfalcarão a equipe cruzmaltina na semifinal – caso o Vasco se classifique. O time, com 11 pontos, ocupa a vice-liderança do Grupo B. Bangu (12) e Fluminense (10) estão no páreo. 

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Ao término da partida, fui surpreendido pela chegada repentina do atleta nº 04 (quatro), sr. Rodolfo Dantas Bispo, e o atleta nº 05 (cinco), sr. Eduardo Nascimento Costa...os quais partiram em minha direção e me agrediram com empurrões nas costas", relatou o árbitro.

Diego Souza foi outro que não foi poupado na súmula:

"...o atleta nº 10 (dez), sr. Diego de Souza Andrade, pegou a bola e a atirou em minha direção tentando me acertar, o que felizmente não aconteceu", contou Wagner. Em seguida, ele condena a postura de Fágner e Fellipe Bastos.

"...Que ainda no meio do tumulto, pude identificar o atleta nº 23 (vinte e três), sr. Fágner Lemos, e o atleta nº 21 (vinte e um), sr. Fellipe Ramos Bastos, os quais aproveitando da confusão, invadiram o campo de jogo, tentando ultrapassar a barreira policial do Gepe..."

Leia tudo sobre: vascocampeonato carioca 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG