Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco só divulga na segunda quem vai ao Piauí enfrentar o Santos

Como as duas equipes estão praticamente cumprindo tabela no Brasileiro, as duas diretorias decidiram agendar o confronto para fazer caixa

Gazeta Esportiva |

A comissão técnica do Vasco só vai divulgar na próxima segunda-feira a lista de jogadores que vai viajar para Teresina, no Piauí, onde na próxima quarta-feira o time vai disputar um amistoso contra o Santos. Como as duas equipes estão praticamente cumprindo tabela no Campeonato Brasileiro, as duas diretorias decidiram agendar o confronto para "fazer caixa". O cruzmaltino, inclusive, precisa de receita para colocar em dia os salários dos funcionários e dos jogadores, que estão em atraso.

Porém, a marcação de um amistoso no meio do Brasileirão não foi visto com bons olhos pelo técnico Paulo César Gusmão, que sequer deverá viajar com a delegação para o Piauí. Mas, por força contratual, o Vasco será obrigado a escalar, pelo menos, oito atletas que tenham atuado nos últimos confrontos da equipe no Campeonato Brasileiro. Com isso, o treinador vai estudar os nomes que menos foram utilizados e que se encontram melhores fisicamente. O meia Carlos Alberto, que só vai retornar ao time na partida deste domingo, contra o São Paulo, após mais de um mês se recuperando de lesões, dificilmente jogará no Nordeste.

O elenco do Vasco participou de um trabalho recreativo neste sábado, que antecedeu ao período de concentração para o confronto diante do São Paulo, válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro e que acontecerá neste domingo, às 19h30(de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro. Os vascaínos precisam de mais três pontos para garantirem matematicamente a vaga na próxima Copa Sul-Americana.

Fora de campo, a diretoria deverá começar a pensar na formação do elenco para a próxima temporada a partir da próxima semana, quando o supervisor Rodrigo Caetano deverá ter reuniões mais constantes com Paulo César Gusmão. O treinador já sinalizou que deverá ficar pelo menos até o meio do próximo ano, quando termina seu vínculo com o clube. Quem não tem a permanência assegurada é o próprio Rodrigo Caetano, que tem propostas de Fluminense e de Grêmio e pode acabar deixando São Januário ao fim do Brasileirão.

Leia tudo sobre: amistosovasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG