Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco segura o Corinthians, empata e mantém a liderança

Mesmo jogando em casa, equipe carioca foi bastante pressionada no final, mas empatou em 2 a 2

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

A torcida do Vasco compareceu em peso, lotou o estádio São Januário, mas foi embora insatisfeita. Mesmo estando em vantagem no placar durante a maior parte do confronto, o time carioca só empatou com o Corinthians em 2 a 2, e ainda levou um sufoco nos minutos finais da partida. Com o empate, o Vasco mantém a liderança, chegando aos 50 pontos em 27 jogos. O Corinthians, beneficiado pela derrota do São Paulo, segue na segunda colocação, com 48 pontos.

null

Veja a classificação atualizada do Brasileirão 2011

Bem no primeiro tempo, o Vasco abriu o placar aos 15 minutos, em cabeçada de Dedé . Em rápido contra-ataque, aos 20 minutos, Alex deixou tudo igual. Fagner, também em rápido contra-ataque, marcou o segundo para o Vasco, nos acréscimos do primeiro tempo. Na segunda etapa o Vasco foi dominado, viu Danilo empatar aos 21 minutos e ter ao menos três chances claras para vencer, mas suportou a pressão para se manter em primeiro.

Siga o Twitter do iG Vasco e receba notícias do time em tempo real

MiGCompLinks_C:undefinedNa próxima rodada o Vasco viaja até Porto Alegre, onde enfrenta o Internacional no próximo domingo, às 16h, no Beira-Rio. Antes, porém, o time carioca terá a primeira partida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, contra o Aurora, da Bolívia, na quarta-feira, às 19h15, em Cochabamba. Já o Corinthians recebe o Atlético-GO no estádio Pacaembu, no domingo, às 18h.

O Jogo
O Vasco começou a partida buscando sair com velocidade para o ataque. O lateral Fagner e o atacante Eder Luis eram a principal arma, sempre pelo setor direito. O Corinthians valorizava mais a posse de bola e cadenciava o jogo, com Jorge Henrique armando pela esquerda, Willian pela direita, e Alex e Danilo se revezando na tarefa de ocupar a posição de centroavante como homens surpresa no esquema do técnico Tite.

A primeira chance de perigo da partida aconteceu para o Vasco, aos sete minutos da primeira etapa. Juninho Pernambucano recebeu na meia direita e cruzou para a área. Elton subiu de cabeça, mas Julio Cesar fez a defesa com a perna. Três minutos depois, o Corinthians usou a mesma estratégia para assustar. Palinho cruzou e Leandro Castán cabeceou na trave, mas a jogada havia sido paralisada por impedimento.

Siga o iG Corinthians no Twitter e receba as últimas notícias do seu time

Mais presente no campo do adversário, o Vasco chegou ao primeiro gol aos 15 minutos do primeiro tempo. Juninho Pernambucano cobrou escanteio aberto, na segunda trave, para Dedé subir mais que dois corintianos e cabecear com estilo, no canto esquerdo do goleiro Julio Cesar.

Sem uma referência no ataque, o Corinthians tentava o empate no contra-ataque em velocidade, com Willian e Jorge Henrique. E justamente aproveitando um erro do Vasco, o time visitante conseguiu a igualdade. Márcio Careca errou um passe no pé de Ralf, que lançou Danilo na direita. O meia avançou, entrou na área e rolou para Alex, que só teve o trabalho de empurrar para as redes.

Após o gol, o Corinthians se animou e passou a apertar a saída de bola do Vasco. Aos 38, Alex cobrou escanteio, Willian desviou e Paulinho, sem marcação, cabeceou para fora. Nos minutos finais, quando as duas equipes pareciam contentes com o empate, o Vasco deu uma 'aula' de contra-ataque e marcou o segundo gol. Eder Luis recebeu na direita, passou por um marcador e aguardou a passagem de Fagner, dando lindo passe em profundidade para o lateral, que saiu na cara do goleiro Julio Cesar e deu um leve toque por cobertura para ampliar o placar em São Januário.

O Vasco voltou para o segundo tempo com Alecsandro no lugar de Elton, enquanto o Corinthians não realizou nenhuma alteração. Nos primeiros 15 minutos, a partida começou em ritmo lento. O time da casa não ameaçava e o Corinthians também não levava perigo nos contra-ataques. Porém, aos 21 minutos, a jogada do time visitante foi perfeita. Willian puxou contra-ataque pela direita, cruzou para a área. Danilo se antecipou aos zagueiros vascaínos e completou para o gol, igualando o placar.

Em dois lances praticamente idênticos, Danilo quase virou o jogo. Aos 27, a cabeçada saiu para fora, enquanto aos 31, Fernando Prass fez um milagre e evitou o terceiro gol. O Corinthians foi para cima com tudo nos minutos finais, explorando principalmente o lado esquerdo da defesa do Vasco, com Márcio Careca, que vivia péssima tarde. No final, o Vasco suportou o a pressão e acabou saindo com o empate, mantendo a primeira colocação.

FICHA TÉCNICA – VASCO 2 x 2 CORINTHIANS

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 2 de outubro de 2011, domingo
Horário: 16h (Horário de Brasília)
Público: 19.156 (pagantes)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa/DF)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa/PR) e Autemir Hausmann (Fifa/RS)
Cartões amarelos: Elton (VAS) Paulinho, Ralf (COR)

GOLS:
Vasco – Dedé, aos 15 minutos do primeiro tempo e Fagner, aos 46 minutos do primeiro tempo
Corinthians – Alex, aos 20 minutos do primeiro tempo e Danilo, aos 21 minutos do segundo tempo

VASCO: Fernando Prass; Fágner, Dedé, Renato Silva e Márcio Careca, Rômulo, Eduardo Costa, Juninho Pernambucano (Allan) e Diego Souza; Elton (Alecsandro) e Eder Luis (Bernardo)
Técnico: Cristóvão Borges

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Leandro Castán, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Alex (Weldinho); Jorge Henrique (Edenílson) e Willian
Técnico: Tite

Leia tudo sobre: corinthiansvascobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG