Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco quer evitar novo apagão para não ser surpreendido na quarta

Lateral Fágner admite que falta de atenção foi a razão para os gols sofridos na derrota para o Macaé

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Apagão. Talvez esta seja a melhor definição para a derrota de sexta-feira para o Macaé (3 a 1), fora de casa. O resultado ainda não foi digerido pelos jogadores, que atribuem à desatenção os dois primeiros gols do time da Região dos Lagos.

“Começamos bem os 20 primeiros minutos, mas numa falta de atenção, sofremos dois gols bobos. Não sei explicar o que houve, foi bobeira nossa mesmo”, respondeu o lateral-direito Fágner.

De fato, o Vasco do primeiro tempo contra o Macaé nem de longe fez lembrar o time que goleou América (9 a 0) e Comercial-MS (6 a 1). Sonolento no meio e desatento atrás, permitiu que o adversário se aproveitasse de dois vacilos para abrir a contagem com Luís Mário e Siston.


A julgar pelas últimas atuações, o Vasco, sempre ofensivo mesmo com expressiva vantagem no placar, careceu do mesmo ímpeto. Quando a equipe acordou e tentou reagir, a expulsão de Ramon no segundo tempo pôs tudo a perder novamente.

“Foram gols bobos, depois a gente acordou, equilibramos a partida, fizemos um gol e fomos para cima. Mas, com um jogador a menos, as coisas dificultaram e fomos surpreendidos com o terceiro gol no fim”, comentou Fágner.


 

Leia tudo sobre: vasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG