Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco quer encerrar participação na Taça Guanabara com vitória

Ricardo Gomes promete time ofensivo. Técnico terá principais jogadores do elenco à disposição na Taça Rio

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

Quando a bola rolar, às 19h30, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, mais do que uma simples vitória sobre o América, o Vasco vai atrás de um recomeço no Campeonato Carioca. O jogo vale pela última rodada da Taça Guanabara, que equivale ao primeiro turno, e a missão cruzmaltina é entrar na Taça Rio livre da crise que assolou São Januário nas primeiras rodadas.

O técnico Ricardo Gomes já avisou que vai abordar o tema na preleção. A explicação é simples: se vencer, chuta de vez para escanteio a má fase e inicia o segundo turno de cabeça erguida. Em caso de novo tropeço, o grupo se abalar novamente e entrar inseguro na Taça Rio.

O Vasco amarga a sexta posição no Grupo A, seguido pelo América, com o mesmo número de pontos (quatro). Único clube grande fora das semifinais, o time descansará 11 dias até voltar a campo novamente – dia 23, pela Copa do Brasil. Para dar ritmo à equipe, o recém-chegado Ricardo Gomes acredita que seu trabalho começará, de fato, a partir do encerramento da Taça Guanabara.

Para deixar o time em condições de brigar pelas primeiras posições, o treinador vascaíno mudou o time. Uma de suas apostas é o meia Felipe. Mesmo longe da forma ideal, o jogador tem vaga assegurada. Gomes terá em breve outros dois reforços de peso: os atacantes Elton e Leandro.

Fotocom
O veterano Felipe é esperança de mais qualidade ao time de Ricardo Gomes

O período ocioso será ocupado com um jogo-treino. Ricardo Gomes entende que 11 dias é muito tempo para o time ficar sem jogar. Afinal, o Vasco vem de recorde negativo em sua história no Carioca. Foram quatro derrotas em quatro jogos seguidos.

“O mais importante neste momento é vencer o América. Com a vitória, a gente tira um peso das costas e entra no segundo turno confiante. Não podemos mais ter o fantasma da má campanha do primeiro turno”, frisou Ricardo Gomes.

Para o compromisso com o América, o time um meio-campo formado por Rômulo, Felipe Bastos, Jeferson e Felipe. Além de ser um setor leve com a obrigação de apoiar, os laterais Fágner e Ramon terão a mesma liberdade ofensiva.

“Eles vão ter que voltar pra marcar e cumprir suas funções, mas quero um time leve e apoiando bastante”, disse Ricardo Gomes.


FICHA TÉCNICAAMÉRICA x VASCO

Local: Raulino de Oliveira, Volta Redonda
Data: 12 de fevereiro de 2011, no sábado
Horário: 19h30h (Horário de Brasília)
Árbitro: Wagner dos Santos Rosa (RJ)
Assistentes: Alexandre Eller e José Carlos Batista Arruda (ambos do RJ)


VASCO: Fernando Prass, Fágner, Dedé, Anderson Martis e Ramon; Rômulo, Felipe Bastos, Jeferson e Felipe; Eder Luis e Marcel. Técnico: Ricardo Gomes

AMÉRICA: Mota, Edson, Luiz Antônio, Ronan, Bruno Santos; Ives, Rodolpho Fukamati, Felipe Silva e Leandrinho; Hugo e Felipe Adão. Técnico: Lulinha.
 

Leia tudo sobre: vasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG