Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco quer definir logo a situação dos emprestados

Fora Léo Gago, time ainda não decidiu qual será o destino de outros jogadores que voltam ao clube em janeiro

Gazeta Esportiva |

Disposto a manter a base que participou da atual temporada, o Vasco tem poucas vagas em seu elenco para 2011. O problema é que muitos atletas que estavam emprestados a outros clubes retornarão a São Januário no dia 3 de janeiro, data da reapresentação do plantel. O técnico Paulo César Gusmão pretende trabalhar com um grupo de, no máximo, 30 atletas e, por isso mesmo, vai se reunir essa semana com a diretoria para tratar dos nomes com retorno previsto.

O zagueiro Gian, que estava no São Caetano, já anunciou a sua saída do time paulista e vai reaparecer em São Januário. Do rebaixado Guarani volta o lateral esquerdo Márcio Careca. O volante Léo Gago e o meia Enrico disputaram a Série B do Campeonato Brasileiro, conquistando o título pelo Coritiba. O meia Jefferson estava no Avaí, enquanto Rodrigo Pimpão defendeu as cores do Paraná Clube.

Desse grupo de jogadores o único que tem permanência assegurada para 2011 é Léo Gago, que se destacou pelo Coritiba a ponto de o clube paranaense pedir a renovação do empréstimo. O Vasco, porém, negou, uma vez que Paulo César Gusmão pretende contar com o jogador. O volante é visto como o substituto ideal de Rafael Carioca.

Enrico também é bem visto pelos dirigentes vascaínos, porém, para que o bom relacionamento com o Coritiba não fique abalado, é possível que ele seja novamente emprestado ao clube paranaense. Rodrigo Pimpão é outro que conta com prestígio em São Januário e seu retorno pode ser concretizado.

Com pouco destaque no ano, Márcio Careca, Gian e Jefferson dificilmente emplacarão 2011 com a camisa do Vasco. Caso não tenham o empréstimo renovado, deverão ter o contrato rescindido para procurarem outro clube. Do grupo que estava defendendo o Vasco já foram liberados o lateral esquerdo Ernani e o meia Fumagalli. O zagueiro Titi e o atacante Nunes também não ficarão.

Em relação à manutenção do atual elenco, o clube descartou a possibilidade de negociar o meia Zé Roberto com o Internacional. O Vasco também luta para manter o atacante Eder Luis, que tem propostas de clubes de fora do país. O Benfica, de Portugal, é dono dos seus direitos federativos e estuda negociá-lo. O atleta tem contrato até maio, mas uma clausula o libera em caso de uma transferência para o exterior.

Sobre a contratação de reforços, o atacante Marcel, que deixou o Santos recentemente e já acertou as bases salariais com o Vasco, deverá ser anunciado até o fim da semana, assim como o atacante Jael, que se destacou pelo Bahia na Série B do Campeonato Brasileiro. Outro que se aproximou de São Januário foi o volante Eduardo Costa, que não vai ficar no Monaco, da França, na próxima temporada. Paulo Affonso, empresário do jogador, já deixou o acerto salarial muito bem encaminhado com Rodrigo Caetano, diretor executivo do departamento de futebol do Vasco.

Leia tudo sobre: mercado da bolavasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG