Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco quer aproveitar fragilidade do Volta Redonda para reagir

Adversário desta quinta-feira soma apenas um ponto. Fernando Prass diz que vitória devolverá confiança ao elenco

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

O adversário do Vasco nesta quinta-feira soma apenas um ponto. Ainda que o time venha de quatro derrotas seguidas, o Volta Redonda, dono de uma pífia campanha na Taça Guanabara, pode marcar a redenção vascaína. Sem menosprezar a equipe da Cidade do Aço, os jogadores vascaínos querem aproveitar a fragilidade adversária para, finalmente, fazer as pazes com a vitória.

“Vencendo, as coisas dão uma clareada. O clima melhora. A motivação volta e você recupera a confiança”, adverte o goleiro Fernando Prass, um dos poucos jogadores poupados na campanha vascaína em 2011.

O clube anunciará o novo treinador nas próximas horas. Ricardo Gomes e René Simões são os mais cotados. O pensamento da diretoria é aproveitar os últimos jogos do primeiro turno para afastar a crise e, a partir da Taça Rio, dar nova forma à equipe.

O Botafogo de 2010 serve como exemplo. Ano passado, o time de General Severiano foi humilhado pelo próprio Vasco na Taça GB, em pleno Engenhão: 6 a 0. O Alvinegro deu a volta por cima, venceu os dois turnos e se sagrou campeão antecipado.

Para que parte da história se repita pelo lado vascaíno (o time não pode mais conquistar o primeiro turno), a retomada tem que começar logo nesta rodada.

“Precisamos somar pontos. Se conseguirmos as três vitórias, o time pode embalar. Sem falar que vamos tirar um peso das nossas costas. Respeitamos o Volta Redonda, mas o Vasco não vai medir esforços para chegar à vitória”.
 

Leia tudo sobre: VascoFernando PrassVolta Redonda

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG