Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco perde Ramon e Alecsandro para a decisão com o Atlético-PR

Os dois jogadores levaram o terceiro cartão amarelo no empate por 2 a 2 na Arena da Baixada na Copa do Brasil

Gazeta |

O Vasco tem dois importantes desfalques para a partida de volta pelas quartas de final da Copa do Brasil, na próxima semana, diante do Atlético-PR, em São Januário. O lateral esquerdo Ramon e o atacante Alecsandro foram advertidos com o terceiro cartão amarelo no empate por 2 a 2, na Arena da Baixada, e terão que cumprir suspensão.

O lateral esquerdo foi advertido no lance que originou o segundo gol do Atlético, em cobrança de pênalti convertida por Paulo Baier. Já Alecsandro foi punido por provocar a torcida mandante. Após marcar o gol, o jogador imitou o estilo de comemoração de seu pai, o ex-atacante Lela, ídolo do Coritiba na década de 80. O artilheiro colocou a língua para fora, balançando as palmas das mãos ao lado do rosto, como Lela costumava fazer.

"Ele tinha que ter mais cuidado. Ele quis homenagear o pai, mas está escrito na regra: quando se faz um gesto contra a torcida, leva o cartão", reclamou o técnico Ricardo Gomes, preocupando-se em não transformar sua declaração em uma bronca.

"Mas o importante é ele ter feito o gol, com uma boa atuação. Só é uma pena não poder contar com ele no segundo jogo", lamentou o treinador.

Apesar de reconheceram a comemoração de Alecsandro como uma provocação aos torcedores do Atlético, os vascaínos ficaram na bronca com o trio de arbitragem. A principal reclamação foi quanto ao pênalti que culminou com o gol de empate do Furacão. Além disso, os vascaínos destacaram que somente atletas da equipe foram advertidos com cartão: Alecsandro, Fellipe Bastos, Eduardo Costa, Felipe, Ramon e Allan.

O elenco, que ganhou folga nesta quinta-feira, volta a se reapresentar nesta sexta-feira. A partir da próxima semana Gomes começa a pensar nos substitutos dos suspensos. A tendência é Márcio Careca jogar na lateral esquerda e Elton entrar no meio-de-campo.

Leia tudo sobre: vascocopa do Brasil 2011ramonalecsandro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG