Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vasco perde PC Gusmão e Dedé no STJD

Técnico pegou pena de dois jogos no Campeonato Brasileiro, enquanto zagueiro terá de ficar fora só de uma partida

Gazeta Esportiva |

A tarde não foi favorável para o Vasco. Em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva(STJD), o clube carioca perdeu o técnico PC Gusmão para as próximas duas partidas do Campeonato Brasileiro. O zagueiro Dedé, também punido com dois jogos de gancho, já cumpriu um e fica fora apenas do jogo contra o São Paulo, domingo.

Os dois foram denunciados pelas expulsões no clássico contra o Flamengo, em 24 de outubro. Citado na súmula do árbitro Gutemberg Fonseca por ter aplaudido ironicamente as decisões da arbitragem e se recusado a deixar o campo rapidamente, PC Gusmão foi enquadrado no artigo 258 II. Dedé, por sua vez, recebeu o cartão vermelho após cometer falta dura em Willians e respondeu pelo artigo 254, por praticar jogada violenta.

Absolvidos
O diretor executivo do clube, Rodrigo Caetano, também foi incluído na súmula, por ter feito ameaças à arbitragem, que segundo ele teria sido uma "vergonha". Defendido pessoalmente pelo meia Carlos Alberto - que presenciou as reclamações -, o dirigente acabou absolvido.

Até o árbitro do clássico acabou denunciado. A Procuradoria entendeu que ele discutiu excessivamente com alguns jogadores e deixou de relatar algo sobre isso na súmula. Julgado por "deixar de cumprir funções relativas à sua função" e por "omitir-se no dever de coibir a violência", ele também foi absolvido.

Expulso contra o Atlético-GO, o lateral esquerdo Carlinhos também foi denunciado por jogada violenta, mas foi mais um a escapar de punição.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirostjdvasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG